Orientação às escolas particulares; Plano de Retomada das Aulas Presenciais


A Prefeitura de Campos vem mantendo constante diálogo com os gestores das escolas da rede privada de ensino quanto à atualização dos protocolos contra covid-19. Inúmeras reuniões foram realizadas desde o ano passado, com a presença da Procuradoria de Campos, Secretaria de Saúde e Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct). Nesta segunda-feira (6), o médico e subsecretário de Atenção Básica, Vigilância e Promoção da Saúde, Rodrigo Carneiro, e a assessora técnica da Seduct, Catia Mello, promoveram mais um encontro on-line com os representantes das escolas privadas a fim de orientar quanto à atualização do Plano de Retomada das Aulas Presenciais promovida neste mês de junho. “O índice de positividade dos testes aumentou em todo município, saltando de 5% para 17 a 20% - de março a início de junho. Está subindo de forma lenta, mas constante. Além disso, nesse período do ano, ocorre a queda da temperatura, o que aumenta o número de doenças respiratórias principalmente em crianças. Outro fator importante diz respeito ao tempo em que nossas crianças ficaram confinadas: foram quase 2 anos com pouco contato direto com outras pessoas. E, com o retorno das aulas presenciais, aumento do convívio social e a queda de temperatura começamos a observar mais casos de sintomas respiratórios e aumento de viroses. Por isso, decidimos rever o protocolo, começando pelas escolas. A pandemia é muito dinâmica, por isso, vamos continuar observando o comportamento do vírus após essa nova atualização do Plano e, se necessário for, faremos nova atualização”, informou Rodrigo. Ele colocou as equipes da Secretaria de Saúde à disposição das escolas privadas. “Vamos abrir mais um local de testagem para atender a população de Campos pela Secretaria de Saúde. Entretanto, caso os senhores tenham interesse, podemos treinar um profissional da enfermagem das escolas particulares de modo que estejam aptos a fazerem a testagem em suas próprias unidades, agilizando, com isso, o atendimento. Além disso, continuamos recomendando fortemente o retorno do uso de máscaras no ambiente escolar e ampliação das outras medidas de prevenção, como o distanciamento social, higienização das mãos e uso do álcool”, comentou. Segundo Rodrigo, em casos de febre acima de 37.8, tosse persistente e dificuldade para respirar, é necessário afastar a criança da escola até que se faça o teste contra covid. “Crianças com leve coriza e espirro ocasional, seguindo o protocolo, recomenda-se o teste mas permite-se o acesso à escola com máscara”, orientou. Além dos representantes das escolas, a diretora do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino (SINEPE), Rosana Juncá, e o advogado do órgão, Bruno Lannes também estavam presentes. “Gostaria de agradecer ao Dr. Rodrigo pelas orientações. É um momento muito difícil ainda, mas já passamos por outras situações bem piores. Também deixamos o Sindicato à disposição de todos vocês para auxiliar em qualquer situação”, disse Rosana. De acordo com Catia Mello, a testagem de covid-19 para profissionais da Educação segue acontecendo na sede da Seduct, mediante agendamento pelo telefone (22) 98131-0302. “Nosso polo de testagem contempla profissionais de qualquer rede, pública ou particular. Além disso, estaremos ofertando a vacina da gripe nesta quarta (8) novamente para os profissionais da educação. Peço que divulguem nas escolas de vocês pois queremos caminhar lado a lado com as escolas particulares, com o mesmo objetivo, mantendo esse diálogo. O manual é um documento norteador, então, é importante que todos tenham acesso, imprimam, coloquem à disposição de todos e fiquem atentos às mudanças”, orientou Catia. Para acessar o Plano de Retomada das Aulas Presenciais, clique AQUI

12 visualizações