Política de formação continuada da Seduct prossegue em novembro


A política de formação continuada e valorização dos profissionais da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) prosseguirá, também, durante o mês de novembro. Vários cursos serão ofertados aos servidores por meio da Escola de Formação de Educadores Municipais (Efem). O primeiro deles vai ser realizado na próxima quinta-feira (03) e o tema será “Se caiu na rede pode ser pedagógico: as Tecnologias Digitais sob uma perspectiva colaborativa”, ministrado pela professora e mestra, Rackel Peralva Menezes Vasconcellos. Já no dia 10 acontece a capacitação “Google Sites como ferramenta para aprendizagem colaborativa”, conduzida pela professora e mestra, Luciana Gonçalves de Oliveira Maraia. Todos os dois cursos serão às 19h30, pelo YouTube. O público-alvo são educadores das redes pública e privada do município e cidades vizinhas. As capacitações fazem parte do Programa de Formação, Letramento e Alfabetização Digital, realizado pela Efem. Ao todo, serão 10 palestras que tiveram início em outubro e vão se encerrar em dezembro. Coordenadora da Efem, Talita Ernesto, conta que o objetivo é proporcionar conhecimento, aprimoramento e crescimento profissional aos educadores, abordando temáticas da linha de “Alfabetização e Letramento Digital”. As capacitações não param por aí. Além do Ciclo de Palestras tem ainda a segunda etapa da Formação Lab Mais, que vai ser desenvolvida entre os dias 7 e 11 de novembro, nos turnos manhã, tarde e noite, com formações de Robótica, Ciências, Matemática e Brincar e Aprender. As inscrições podem ser feitas no Portal SIPAE (AQUI). A capacitação é voltada para professores de Educação Infantil e Ensino Fundamental Anos Iniciais. Já nos dias 9, 16, 23 e 30 de novembro é a vez da Educação Inclusiva com o curso “Os Desafios da Educação Inclusiva”. O público-alvo são Mediadores do processo seletivo Simplificado, Pedagogos e Professores de Suporte Pedagógico (PSPs). E, no dia 17 de novembro, vai ser realizada a capacitação “Formação de Língua Portuguesa, que tem como objetivo avaliar estratégias para recompor e desenvolver a linguagem. Podem participar professores de Língua Portuguesa. Os horários são de 8h às 12h ou de 13hàs 17h. “É essencial que todos façam parte dessa construção, desse desenvolvimento. Enquanto educador temos que pensar aonde queremos chegar e por que é importante levar esses conhecimentos para a sala de aula. É uma responsabilidade nossa, enquanto Secretaria de Educação, ofertar aos professores um estudo aprofundado sobre todos esses assuntos e tecnologias para que nossos alunos possam ser envolvidos com a aprendizagem e tenham a possibilidade também de aprender a pensar, criando caminhos mais críticos para se favorecer e favorecer o outro, dando continuidade a esse desenvolvimento”, comentou Talita. Nos dias 24, 26 e 27 de outubro, aconteceu a Formação Continuada de Alfabetização e Matemática para professores do 1º e 2º anos, além de Letramento e Alfabetização para o 3º ano e Planejamento Diversificado, a partir de Sequência Didática para 4º e 5º anos. Professores de Suporte Pedagógicos (PSPs) também realizaram estudos sobre o plano de Recomposição e Aprendizagem.

422 visualizações