top of page

Posse e curso de atualização dos novos gestores escolares em março




A posse dos novos gestores escolares da rede municipal de ensino está marcada para o dia 1º de marco, das 9h às 13h no Teatro Municipal Trianon. Eles foram eleitos democraticamente pela comunidade escolar, por meio de processo eleitoral que aconteceu no final do ano passado. Os diretores e vice-diretores deverão participar do Curso de Atualização em Gestão Escolar no Município, nos dias 14 e 15 de março de 2023, também no Trianon, conforme previsto no Edital nº 08/2022, que regulamentou o processo.


A divulgação do local e horário do curso também será feita por meio de ofício circular, emitido pela Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct). Uma portaria com a convocação para o curso foi publicada no Diário Oficial do município nesta quinta-feira (16). Confira aqui.


Eles atuarão no cargo durante o biênio 2023/2025, segundo o secretário de Educação, Marcelo Feres. “É obrigatória a participação de todos os diretores e vice-diretores que forem empossados. Durante a realização do curso, eles assinarão Termo de Compromisso, para pactuar metas e ações para melhoria da qualidade do ensino no município de Campos”, informou.


Marcelo afirmou, ainda, que a organização e as normas deste edital evidenciam como a Secretaria de Educação está pensando e trabalhando, não mais de forma amadora como acontecia antes de 2021. Órgãos como o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Estado do Rio de Janeiro (SEPE) participaram de todas as etapas deste processo, desde a formulação do edital, pois têm uma cadeira na Comissão Geral Eleitoral. Além disso, todas as etapas foram amplamente divulgadas e publicadas no Diário Oficial do Município.

“Os critérios de Campos foram feitos com base nos parâmetros da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) seguindo, portanto, o padrão nacional e garantindo um processo técnico, transparente e democrático. No entanto, a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia foi além, incluindo nas exigências, ainda, três anos de experiência no Magistério, além dos demais critérios de formação. As exigências quanto à formação dos gestores, por exemplo, para concorrerem ao cargo, visam proporcionar um crescimento qualitativo na educação municipal”, detalhou Marcelo.

A Comissão Eleitoral Geral avaliou positivamente todo o processo eleitoral destacando a expressiva votação tanto pelo sistema de urna física para cédula em papel que foram cedidas em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral para votação da comunidade externa (pais, alunos e responsáveis), quanto pela votação dos servidores que ocorreu de forma online, com sistema desenvolvido em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense, na qual votaram 3.752 servidores, expressando o compromisso e transparência com o processo democrático, o que só fortalece a comunidade escolar.


224 visualizações
bottom of page