top of page

Prefeito reinaugura Escola em Farol de São Tomé após reforma e ampliação




 

 

Com cerca de 600 alunos, a Escola Municipal Farol de São Tomé foi reinaugurada nesta segunda-feira (1) pelo prefeito Wladimir Garotinho, acompanhado da primeira-dama, Tassiana Oliveira e do secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres. A solenidade reuniu toda a comunidade escolar, autoridades e moradores da praia campista. O deputado federal Caio Vianna também estava presente.

 

A reforma da unidade contemplou ampliação, novas salas de informática, espaço maker e robótica, sala de recurso, laboratório de ciências e informática, sala de banda, reformulação dos espaços administrativos, ampliação de refeitório e área de convivência. 

 



 

Wladimir relembrou que em 1988 o pai dele, Anthony Garotinho, transformou a então casa de campo dos prefeitos na primeira creche para filhos de pescadores. 

  



"É uma entrega muito simbólica. Essa escola não foi só pintada e reformada, foi ampliada, de maneira afetiva e afetuosa para receber nossos alunos da forma mais confortável possível. É uma alegria estarmos, hoje, nesse prédio belíssimo, um ambiente muito melhor. Parabéns a todos e bora trabalhar", afirmou o prefeito. 

 



Para o secretário, Marcelo Feres, a reinauguração representa mais um sonho realizado. "Estamos garantindo aos nossos alunos, professores e toda comunidade escolar uma escola moderna, confortável e com tecnologia para que todos possam aprender de forma lúdica e com laboratórios. Sem dúvida, uma alegria a mais para toda a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct).

 

 Segundo o gestor, Guilherme Alves Monteiro, a unidade foi fundada em 1988 e atende alunos do 1º ao 9º ano de escolaridade, além da Educação de Jovens e Adultos (EJA). 

 

"Essa obra vai proporcionar um ambiente digno para os nossos alunos, onde o ensino-aprendizagem se dará de forma estimulante, significativa, resgatando a autoestima de todos os atores envolvidos no processo educacional. Comprometimento e seriedade de um governo que faz acontecer e se preocupa com o bem comum Só agradecer", falou o gestor.




 

 Primeira gestora da escola, Maria Cenilda Solares Rangel Barreto, trabalhou na unidade até 2016, quando se aposentou.

 

"Sinto um carinho de avó por essa escola. Quando foi aberta a gente ia nas casas buscar os alunos que estavam sem estudar. Na época, tínhamos 98 crianças e as salas eram divididas por Eucatex e, agora, ver toda essa estrutura, essa escola linda, é muito emocionante. Só gratidão a todos", ressaltou Maria. 

 

 



Aluna do 9º ano, Jocyane Carvalho disse que a reforma representa muito para ela que vê a escola como sua segunda casa. "Minha avó trabalhou aqui, minha mãe, meu irmão estudou nesse espaço. Esse local tem muita importância para mim. Essa reforma ampliou nossos conhecimentos porque ampliamos nossa visão através dos laboratórios de robótica e informática, aprendendo na prática. Minha vida inteira eu passei nessa escola. Estou muito feliz com tudo que está acontecendo na nossa escola", disse a aluna.


Participaram ainda do evento o secretário da Casa Civil, Suledil Bernardino; a subsecretária de Educação, Rita Abreu; a subsecretária de Ciência e Tecnologia, Suzana da Hora, e a diretora pedagógica Tânia Alberto.

 



Por Mariane Pessanha

Fotos: Wellinton Rangel

 

66 visualizações

Comments


bottom of page