top of page

Prefeitura garante “letrinhas” e avança com Plano de Cargos e Salários






Depois de 8 anos de espera, os servidores municipais receberam, nesta quinta-feira (30), uma excelente notícia: o avanço do Plano de Cargos e Salários. A partir do salário de abril, que cai na conta até o quinto dia útil do mês de maio, eles receberão as “letrinhas” que se encontravam atrasadas, e que indicam o tempo de serviço (progressão horizontal), gerando um aumento médio de 6% para todo o funcionalismo público municipal da ativa. Com isso, a Prefeitura vai atender a um pedido antigo dos servidores e dar mais um passo no programa de valorização profissional.


O anúncio foi feito pelo Prefeito Wladimir Garotinho, em suas redes sociais. Ele também promoveu reunião com representantes do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (SEPE), na sede da Prefeitura na tarde de hoje (30).


“Além disso, no próximo ano, vamos dar o reajuste geral para todos os servidores. Para isso, vamos enviar o projeto junto à LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para a Câmara Municipal. Sempre estive aberto ao diálogo com os servidores e estamos tratando desse assunto sem politização. Isso foi possível graças a um grande esforço da nossa equipe de gestão e após termos honrado nossos compromissos, pagando férias e outros direitos dos servidores que estavam atrasados, colocando os salários em dia, promovendo a equiparação salarial de cerca de 5 mil professores da rede municipal de ensino ao piso nacional, entre outras medidas. Hoje trazemos mais uma boa notícia àqueles que fazem a máquina pública funcionar. Obrigado por acreditarem”, informou o prefeito.




Também participaram da reunião o procurador Geral do município, Roberto Landes; o secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres; secretário de Administração e Recursos Humanos, Wainer Teixeira; e os vereadores Álvaro Oliveira, Juninho Virgílio e Cabo Alonsimar.


O secretário de Educação lembrou que, no ano passado, a Prefeitura também voltou a pagar o adicional de 3% referentes a 120 horas de atualização pedagógica para os professores e pedagogos da rede municipal de ensino. A respeito da promoção vertical (titulação), Marcelo explicou que a Secretaria de Educação vai abrir, nos próximos dias, um formulário online para que os professores apresentem os diplomas e documentos que comprovem a titulação.






“A Secretaria não tinha nenhuma informação concreta a respeito da titulação dos servidores e agora vamos iniciar esse levantamento para que possamos, em breve, também conceder a progressão vertical. As decisões estão sendo tomadas e os estudos necessários estão sendo feitos dentro da responsabilidade da Administração Pública”, disse Marcelo, que realizou reunião também com o Sindicato dos Profissionais Servidores Públicos Municipais (Siprosep) nesta quinta-feira (30).


Para Wainer, a pauta da Educação é sempre dinâmica. “A Prefeitura está agindo com base no Plano de Cargos e está disposta a fazer a revisão do mesmo. Meu papel como secretário é advogar para todos os servidores e não apenas para uma categoria. Por isso, as medidas estão sendo tomadas com muita responsabilidade e sustentabilidade.


A diretora do SEPE, Odisseia Carvalho, falou sobre o assunto. “Entendemos que havia passivos que estavam atrasados e que precisavam ser pagos antes aos servidores, e isso foi feito pelo governo municipal. Agora, acreditamos que a questão do Plano de Cargos e Salários também é uma demanda importante dos servidores e estamos percebendo a sensibilidade da Prefeitura”, disse.




206 visualizações

コメント


bottom of page