Programa de Bolsas Mais Ciência entrega Termos de Outorga



A Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) realiza, na próxima quinta-feira (25), a entrega dos Termos de Outorga aos 58 projetos selecionados no edital do Programa de Bolsas Mais Ciência, voltado para o Ensino Superior. O evento vai acontecer no auditório da Prefeitura, às 10h, e vai marcar, simbolicamente, o início das atividades. Foram convidados os professores e alunos, reitores e diretores das universidades e representantes das secretarias que tiveram projetos selecionados: Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT); Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL); Subsecretaria de Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (SIRDH); Fundação Municipal da Infância e Juventude (FMIJ); Secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social (SMDHS); Defesa Civil; Agricultura; Petróleo e Energia; Planejamento; Mobilidade e Meio Ambiente; Desenvolvimento Econômico; Fundação Municipal de Esportes; Saúde; Hospital Ferreira Machado (HFM); Centro de Controle e Zoonoses (CCZ); Educação; e Ouvidoria Geral. A coordenadora do Mais Ciência, Leonora Tinoco, destacou que, a partir de agora, os projetos serão direcionados para as secretarias correspondentes para iniciarem a pesquisa. No fim de janeiro, eles vão enviar um Relatório Parcial das atividades executadas. No ano que vem, em junho, os projetos serão apresentados no Congresso Fluminense de Iniciação Científica e Tecnóloga (CONFICT). Em julho, ao fim dos 12 meses, eles apresentarão o Relatório Final. “A nossa expectativa para esse terceiro ciclo do Mais Ciência é a melhor possível. O último foi muito prejudicado pela pandemia. A gente tem vários projetos na área de mobilidade, agricultura, educação, o que mostra, realmente, que as universidades encamparam o edital, participando ativamente. Recebemos uma gama muito interessante de projetos. Tivemos o maior número de projetos submetidos, foram 96 no total. Tenho certeza que esse ciclo vai trazer bons resultados para todos os setores da prefeitura”, diz Leonora. PARTICIPAÇÃO – Por meio do projeto "Mapeamento das linhas de pesquisa e produção científica desenvolvidas nas instituições de ensino superior públicas e privadas do município de Campos dos Goytacazes”, a professora e jornalista Jaqueline Deolindo está participando do Mais Ciência. O objetivo é identificar as características da produção científica local, saber quem são os professores pesquisadores, suas linhas de trabalho, as instituições envolvidas, métodos empregados, resultados acumulados e divulgação desses resultados. Jaqueline diz que conhecer esse universo é importante e trata-se de uma proposta pioneira. “É a segunda vez que participo e acho uma iniciativa inovadora e muito importante incentivar e apoiar a pesquisa e extensão em nossa cidade porque isso colabora com o desenvolvimento local e a formação de recursos humanos na ciência”, diz Jaqueline. As 58 bolsas serão concedidas por 12 meses nas categorias de IC, IT e Ext, além de 58 taxas de bancada, com fomento da Prefeitura por meio de royalties direcionados à Educação, para projetos desenvolvidos nas temáticas propostas no edital e também em temáticas livres, considerados pela comunidade científica e acadêmica de interesse da Prefeitura. O valor da bolsa IC, IT ou Ext será de R$ 483,00 mensais. A taxa de bancada ao professor orientador será de até R$ 1.500,00, paga em duas parcelas.

2 visualizações