top of page

Programa de expansão por construção modular tem início nas unidades escolares





O Programa de Expansão das escolas e creches da rede municipal de ensino, por construção modular, teve início nesta semana. A primeira fase - a do aterro - já começou em unidades como Creche Irmã Dulce, Creche Ruth Chagas Manhães, Creche João Siqueira dos Santos  e Escola Professor Walter Siqueira Manhães. O objetivo é criar, em curto prazo, salas de aula para ampliar o número de vagas para atendimento à demanda reprimida. A expectativa é abrir mais 2 mil vagas nas creches municipais, por exemplo. 


Ao todo, 27 unidades serão ampliadas no modelo de construção modular, sem contar as que estão em licitação no modelo tradicional, com tijolo e cimento. Além disso, serão construídas mais 5 novas unidades, também por meio de construção modular. Das 27 unidades previstas para ampliação, 20 serão creches e 7 escolas. E das 5 novas unidades a serem construídas, serão 3 creches e 2 escolas. 


Em outra frente de trabalho, as obras de reforma chegaram a cerca de 50 unidades escolares. São prédios, na maioria dos casos, sem reparos há 13 anos aproximadamente. Além disso, há novas escolas em construção visando ampliar a oferta de vagas e o trabalho de manutenção não para, acontece de forma rotineira.





A Creche modelo de Baixa Grande, na Baixada Campista, por exemplo, está sendo construída com capacidade para abrigar 150 crianças. A nova unidade tem um projeto arquitetônico com solarium, pátio coberto, playground, estrutura administrativa, cozinha, lavanderia, rouparia, área de serviço, entre outros setores, além de novas salas de aula e sala multiuso.


Outra unidade em fase final de construção é a Escola Modelo do Parque Eldorado, que terá capacidade para atender cerca de 700 alunos. No mesmo bairro, a Prefeitura reformou e modernizou a Creche Escola Martin Luther King, devolvendo-a à população este ano.


Segundo o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, com a recuperação das creches e escolas, a Prefeitura está reconquistando, também, a dignidade e confiança dos profissionais, alunos e pais de estudantes.


“Estamos fazendo um resgate completo da nossa educação. Estamos dando as condições e estrutura favorável para as escolas, equipamentos, estratégias pedagógicas, inovação, ou seja, tudo aquilo que as crianças e os profissionais precisam para que a educação possa florescer e a gente possa preparar nossa cidade para o futuro”, destacou o secretário.




62 visualizações

Comentários


bottom of page