Programa Mais Ciência tem número recorde de inscritos


O Programa Mais Ciência, da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), recebeu 96 projetos até o dia 16 de maio, quando terminou o período de inscrição. Agora eles estão em fase de avaliação dos professores colaboradores das instituições de ensino, de acordo com as áreas dos projetos submetidos. O resultado preliminar será divulgado em 29 de junho, no Portal PAE. A Coordenadora do Mais Ciência, Leonora Tinoco, disse que foi um excelente resultado. “A comunidade acadêmica aderiu ao programa e esse número de inscritos foi o maior dos últimos tempos. Esse edital é fruto de um trabalho da Subsecretaria de Ciência e Tecnologia com as universidades. Demos continuidade à Comissão das Universidades, onde temos um representante de cada instituição de ensino do município, pública ou privada, e discutimos o edital, as mudanças que pretendemos implementar. E esse edital trouxe novidade: a taxa de bancada que nunca tinha acontecido em editais anteriores e pudemos oferecer agora”, diz a coordenadora. Leonora falou, ainda, sobre outras novidades do Mais Ciência. “Tivemos também a questão das demandas induzidas e espontâneas. Nos editais anteriores trabalhamos apenas com as induzidas, que são as que fazem parte do anexo I, do edital, as que conseguimos levantar com os setores da prefeitura. Mas, resolvemos abrir a submissão de projetos para demandas espontâneas que são aquelas onde o professor que desenvolve a pesquisa entende que ela possa vir a ser de interesse de algum setor da prefeitura e submete o projeto, colocando-o como demanda espontânea”, disse. A professora e pesquisadora do Laboratório de Ciências Ambientais da Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), Maria Cristina Gaglianone, submeteu dois projetos no Mais Ciência. Um dentro da área de melhoria da educação básica, que é o “Jardins de polinizadores: uma estratégia para aprendizagem e conservação da biodiversidade” e visa transformar jardins de escolas públicas em locais de aprendizagem, possibilitando aos alunos o engajamento na pesquisa científica como atores no monitoramento da biodiversidade e das funções ecológicas, inserindo o letramento científico das crianças e jovens. Outro projeto é o “Abelhas silvestres em áreas urbanas: aliando serviços ecossistêmicos e educação ambiental”, e visa contribuir para que espaços verdes na cidade sejam locais de ações de educação ambiental, servindo como instrumento para a sensibilização de questões ambientais fundamentais à qualidade de vida humana. “O Programa Mais Ciência representa uma iniciativa muito importante de aproximação entre as universidades e a gestão municipal, na construção de soluções para demandas atuais. É uma oportunidade para estudantes se envolverem em pesquisas que contribuam para a melhoria da qualidade de vida em Campos e é também uma oportunidade para a gestão municipal conhecer e valorizar a ciência feita nas instituições de ensino e pesquisa do nosso município. As minhas expectativas com a aprovação do projeto e a inserção das duas bolsistas são de ampliar as pesquisas que já fazemos na escola municipal CIEP Arnaldo Viana e nas áreas verdes de Campos, de modo a conseguirmos contribuir para a sensibilização da sociedade em questões ambientais e para a formação de cidadãos conscientes da responsabilidade em tornar a nossa cidade mais sustentável, colaborando para atingirmos os objetivos da Agenda 2030”. O objetivo do Mais Ciência, é apoiar, por meio da concessão de bolsas e de taxas de bancada, o desenvolvimento de projetos de interesse das Secretarias, Subsecretarias e demais órgãos da Prefeitura, a fim de estimular a vocação científica e de extensão e a formação de novos pesquisadores nas Instituições de Ensino Superior (IES), articulando as pesquisas e atividades com as demandas necessárias ao processo de desenvolvimento socioeconômico no município de Campos dos Goytacazes. O valor da bolsa IC, IT ou Ext será de R$ 483,00 mensais. A taxa de bancada ao professor orientador será de até R$ 1.500,00, paga em duas parcelas. CRONOGRAMA: Lançamento do Edital - 06/04/2022 Período de inscrição - 06/04/2022 a 16/05/2022 Seleção - 17/05/2022 a 20/06/2022 Divulgação do resultado preliminar - 29/06/2022 Recursos - 30/06/2022 e 01/07/2022 Divulgação do resultado final - 08/07/2022 Assinatura do termo de outorga - 15/07/2022 a 29/07/2022 Início da bolsa - 01/08/2022

4 visualizações