Programa Saúde na Escola leva ações ao Ciep Arnaldo Rosa Viana


O Programa Saúde na Escola (PSE), em parceria com a Guarda Civil Municipal, realizou um Circuito de Ações Conjuntas no Ciep Arnaldo Rosa Viana, no Parque Aurora. O evento contou com stands e divulgações de projetos como Aprendendo a Crescer: Estatuto da Criança e do Adolescente; Bullying não é legal; Valorização da Vida; Escola Protetora da Mulher; Eu Digo Não: Prevenção ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes; Crescer Saudável: Enfrentamento à Obesidade Infantil Orientação Nutricional. O público alvo foram alunos do 6º ao 8º ano. O coordenador do PSE, João Paulo Oliveira, destacou, ainda, a roda de conversa no contexto da dependência química, uso de substância psicoativa, drogas, ministrada pela equipe da Guarda Civil Municipal (GCM e pelo coordenador da Ronda Escolar, Rodinele Figueiredo Bento. Eles abordaram a dependência química, ou seja, o que é e os malefícios do uso de drogas. João ressaltou também outras ações desenvolvidas pelos projetos: Dinâmica abordando o ECA; Roleta das Emoções; Orientação Nutricional por meio de demonstração da quantidade de açúcar e óleo nos produtos industrializados; Divulgação dos canais de denúncia contra o abuso e exploração sexual; orientação/distribuição da caderneta do Adolescente; distribuição de Folders dos projetos e distribuição de kits/lembranças para os alunos participantes. “A prevenção do uso indevido de drogas é fundamental para a sensibilização sobre os riscos e perigos causados por elas. O papel da escola é de formar cidadãos participativos e capazes de analisar o que é bom ou não para si, de fazer suas escolhas, questionar e refletir sobre como tal comportamento afetará ou não a sua vida e de outras pessoas. Trabalhar formas de prevenção nas escolas ao se tratar de assunto relacionado às drogas (licitas/ilícitas), de uma maneira que venha a contribuir com informações necessárias a ser passadas a nossos alunos, instituição e sociedade em si, é uma maneira de sensibilizá-los em um ambiente próprio”, acredita o coordenador. O coordenador da Ronda Escolar também fez uma análise positiva do trabalho. “Avaliamos internamente, com a equipe do PSE, a Direção da Unidade Escolar e da Ronda Escolar, como muito positivo, principalmente por contar com a participação e a interação no ato dos alunos da Arnaldo Rosa Viana.

4 visualizações