Projeto de produção audiovisual foi o tema do Hora da Educação



O projeto Estação Educação foi o tema desta quarta-feira do programa Hora da Educação, apresentado pelo secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres e transmitido pelo canal do Pae no Youtube. A convidada foi a coordenadora do projeto, Neidimar dos Santos Abreu. O Estação Educação foi idealizado por Marcelo Feres, durante o período de pandemia, quando as escolas precisaram se adequar à nova realidade de ensino. O projeto visa a gravação e edição de vídeos educacionais produzidos pelos departamentos, escolas e coordenações da Seduct. Ao todo, serão 13 salas-estúdios preparadas com 26 câmeras, iluminação, microfone e outros recursos, nas unidades escolares selecionadas. Atualmente, há seis salas em funcionamento. A primeira unidade do Estação Educação foi implantada na sede da Secretaria de Educação, Ciências e Tecnologia (Seduct). Logo em seguida, o projeto foi levado para a Creche Escola João Perdecene Neto, Lapa; Escola Municipal Getúlio Vargas, em Tocos; E.M. Maria Lúcia, no Parque Turfe Clube; Ciep Wilson Batista, em Guarus, e Amaro Prata Tavares, no Centro. A próxima inauguração vai ser feita na E.M. Albertina Venâncio, no distrito de Travessão, com data ainda a ser definida. Marcelo Feres falou sobre a importância do projeto. “O papel do professor hoje mudou muito. Principalmente quando a gente fala que, mais que ensinar o que já sabe, ele precisa ter uma outra forma de ensinar, que é o uso da tecnologia. Todo esse percurso também é bom para os estudantes pois, às vezes, o aluno tem uma dúvida sobre determinado assunto, ou tema, fica doente, não pode ir à aula, e ele pode contar com o apoio de um material preparado, elaborado com essa destinação,” explica Marcelo. De acordo com Neidimar, as salas-estúdios funcionam em 2 turnos, manhã e tarde, com a presença de técnicos em cada um deles e 35 professores atuando no projeto. “Ao todo, já temos 66 vídeos editados, prontos para irem para o portal Pae, aguardando apenas a linguagem de sinais, Libra e as legendas, que já estão sendo viabilizados pelo nosso gerente de mídias sociais Welliton Rangel. A tecnologia é hoje o caminho que precisamos trilhar agora. Nós precisamos usar metodologias diferentes para conseguir alcançar esse processo de aprendizagem do nosso aluno. Precisamos cercá-lo de várias estratégias para despertar nele o desejo de aprender”, diz Neidimar. Para finalizar, o secretário deixou um recado para os educadores “Quero dizer para os nossos professores que ainda não fazem parte do projeto, que ainda não gravam seus conteúdos nas salas estúdios que elas são para vocês e, por isso, estão espalhadas por locais diferentes do município para que possa atender a todos. Utilizem, venham conhecer e fazer parte desse projeto tão enriquecedor que é o Estação Educação,” concluiu Feres.

7 visualizações