Projeto Família na Escola faz mais 23 certificações na Escola Ataíde Dias





Régila Anjo Ferreira, mãe de quatro estudantes da Escola Municipal Ataíde Dias, no Parque Santa Rosa, recebeu o certificado de participação no Projeto Família na Escola (PFE), nesta quarta-feira (5), das mãos do secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres. Ela gostou tanto do conteúdo programático que lamentou o término da capacitação e pediu bis: “Quando vai ter outro curso desse? Não queria que acabasse”, pediu a jovem. Assim como Régila, mais 22 mães também foram certificadas na unidade. Ao todo, 158 famílias foram beneficiadas desde a implantação do projeto.


As famílias participaram de quatro módulos de formação ao longo de um mês e receberam, além do certificado, brindes doados por meio de parceria com a Receita Federal do Brasil. O PFE é desenvolvido pelo Programa Saúde na Escola (PSE), em parceria com a Secretaria Nacional da Família, vinculada ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Campos foi a primeira cidade a implantar o programa em outubro do ano passado, tornando-se o município pioneiro no país.




“Tenho quatro filhos aqui na escola, uma de 11 anos, um de 9 e outras duas de 7 e 4 anos. O curso foi muito bom, me ensinou muito, foi muito bom mesmo, aprendi como agir em casa com meus filhos, o que significa abandono afetivo, aprendi como interagir com eles, como ajudar nas atividades de casa, e como me relacionar melhor com eles.


Fernanda Silva do Carmo, mãe de três filhos de 4, 7 e 10 anos, também aprovou. “Agradecemos imensamente a todos vocês do PSE, da escola e da Secretaria de Educação. Fábia é uma grande diretora. Antes dela chegar a gente não estava tendo um bom funcionamento na escola, mas depois que ela chegou, tudo mudou. Todos os professores também nos ajudam diariamente. Nossas crianças são muito bem cuidadas aqui e só temos a agradecer pelo belo trabalho desenvolvido. Tratam nos filhos muito bem e esse projeto foi maravilhoso, essencial pra nós. Estão todos de parabéns”, comentou.




Voltado aos profissionais de educação e famílias de crianças matriculadas na Educação Infantil e no Ensino Fundamental - anos iniciais, o PFE visa promover a parceria entre a família e a escola, por meio de ações conjuntas de formação das habilidades parentais, de incentivo ao acompanhamento das atividades escolares dos filhos e de garantia dos direitos da criança, com foco no fortalecimento dos vínculos familiares e no desenvolvimento integral da criança.


“Quando existe essa relação afinada entre escola e família, a educação funciona muito melhor. O segredo para que os filhos de vocês possam aprender pra valer é ter o apoio da família. Sem isso a escola não tem sentido. Esse projeto resgata o olhar da família e promove a interlocução da família e da população com o poder público. Inserir as famílias nesse acompanhamento é um grande passo e vamos colher excelentes frutos dessa intersetorialidade”, disse Marcelo.


De acordo com o secretário, as ações envolvidas no projeto seguem etapas de reconhecimento parental. Por causa desse trabalho, Campos recebeu o Selo Município Amigo da Família. Trata-se de uma certificação concedida pela Secretaria Nacional da Família, que reconhece e dá publicidade em nível nacional aos municípios brasileiros que adotem políticas públicas familiares, de forma transversal e subsidiária, para fortalecer os vínculos familiares e promover os direitos e a proteção social das famílias residentes em seu território.

O coordenador do PSE, João Paulo de Oliveira, ressaltou a importância do Família na Escola. “É de grande importância para a Educação essa integração entre família e escola. É um processo em que todos saem ganhando. A aproximação dos responsáveis e da escola possibilita o aumento na qualidade das ações com as crianças, bem como, fortalece o vínculo e o respeito mútuo, tornando parceiros os responsáveis por esta educação”, completou João.





O Programa busca sensibilizar e orientar os pais para o bom desempenho das funções familiares, promovendo relações positivas na família, fundamentadas no exercício da responsabilidade parental. Os quatro módulos abordam os seguintes temas: Direitos e Deveres na Educação das Crianças e o Lar Como Primeiro Espaço Educativo; Marcos do Desenvolvimento da Criança e o Papel da Família; Interação Família e Escola; e A Educação da Inteligência, da Vontade e da Afetividade.


"Nossa proposta é prevenir conflitos na família, escola e comunidade e proporcionar ambientes familiares que estimulem as crianças a desenvolverem seu potencial; além de favorecer o envolvimento da família na escola", destacou Feres.




57 visualizações