top of page

Projeto Mães na Rede tem início na Escola de Aprendizagem Inclusiva




Em parceria com o Curso de Psicologia da Universidade Federal Fluminense (UFF), o projeto Mães na Rede teve início nesta segunda-feira (18) na Escola de Aprendizagem Inclusiva (EAI). O objetivo é fomentar e apoiar a formação de redes de apoio para mães em sofrimento psíquico e/ou vulnerabilidade social, por meio de ações como rodas de conversa. Os encontros acontecem semanalmente na EAI, que funciona na Cidade da Criança Zilda Arns.


Durante as ações são pontuadas questões fundamentais para compreensão do adoecimento psíquico materno, como a sobrecarga materna e a invisibilização social das mães, em especial aquelas que estão envolvidas em cuidados intensivos de seus filhos em situação de internação hospitalar e com dificuldades de aprendizagem. A ideia é, ainda, criar políticas públicas voltadas às mães do município com atenção e promoção de saúde mental materna.


O projeto é formado pela coordenadora professora, doutora Bruna Pinto Martins Brito, e nove discentes do curso de graduação em Psicologia da UFF Campos, entre elas, duas são mães discentes. 


O grupo busca impulsionar a divulgação de informações sobre o maternar tanto para as mães quanto para o público geral, fomentando práticas coletivas de atenção e cuidado materno, buscando construir ações conjuntas entre as mães participantes e as extensionistas para fortalecer as redes de apoio dessas mulheres e também ações comunitárias com o mesmo propósito.


Fotos: Eleonora Nascimento


40 visualizações

Comments


bottom of page