Projeto Secretário em ação nas Escolas da Penha e Guarus

O objetivo do projeto é desenvolver um modelo de gestão democrática. Na sexta-feira (19), Marcelo vai reunir 56 gestores escolares do território de Guarus no CIEP Brizolão 416 Wilson Batista

Foto: Wellington Rangel


O secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, segue visitando as unidades escolares da Rede Municipal de Ensino, por meio do projeto Secretário em Ação. Nesta quinta-feira (18), ele visitou a Escola Municipal José do Patrocínio, na Penha. Na sexta-feira (19), Marcelo vai reunir 56 gestores escolares do território de Guarus no CIEP Brizolão 416 Wilson Batista. O objetivo é criar maior aproximação da gestão com a comunidade escolar, diminuir a distância entre as unidades escolares e o gabinete do secretário, aumentar a resolutividade das demandas e desenvolver um modelo de gestão democrática.

Na unidade da Penha, que tem cerca de mil alunos matriculados, Marcelo conversou com os funcionários, ouviu sugestões, dialogou com profissionais da sala de recursos e atendeu pais de alunos, como Tiago Fernandes.

“Minha filha tem 4 anos e foi diagnosticada com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Tirei ela de uma escola particular, pois não recebeu o devido acolhimento. Era sempre deixada de lado. Não havia inclusão de verdade. Estou querendo trazê-la para cá, pois ouço falar muito bem da sala de recursos dessa escola”, disse Tiago.


O secretário afirmou que a sala de recursos da Escola José do Patrocínio atende 34 crianças com necessidades educacionais especiais. “As professoras da sala de recursos nos solicitaram a presença de mediadores para auxiliar no processo de ensino-aprendizagem. Vamos estudar como poderemos atender a essa demanda que é legítima”, comentou.

De acordo com Marcelo, a rede atende 851 estudantes com necessidades educacionais especiais nas escolas e creches municipais, e dispõe de 32 salas de recursos. “A inclusão precisa ser a nossa linguagem. É preciso assegurar que todos os estudantes da nossa rede tenham seu processo de escolarização assegurados. Ninguém pode ficar pelo caminho, principalmente nesse período de pandemia”, afirmou o secretário, lembrando que esses estudantes estão recebendo atividades de forma virtual tanto do professor regular quanto do professor da sala de recursos. São atividades adaptadas para cada aluno respeitando suas especificidades.

No dia 09 deste mês, o secretário atendeu as escolas da zona rural da região Sul campista, reunindo gestores de 14 unidades escolares na Creche Escola João Siqueira dos Santos, na Tapera. No dia 11, o Projeto Secretário em Ação contemplou as unidades escolares da Região Norte do município: Santa Maria, Santo Eduardo e Espírito Santinho. Recentemente, Marcelo também atendeu os gestores da Baixada Campista na Escola de Farol de São Tomé.


Acompanham o secretário nas ações a coordenadora do Programa Saúde na Escola (PSE), Catia Melo, e o gerente de Mídias Digitais, Welliton Rangel. Segundo Marcelo, o projeto contribui para que a rede trabalhe de modo articulado para consolidar o plano de governo da Prefeitura na área da Educação, e cumpra o planejamento estratégico estabelecido, que inclui a criação da Escola de Formação de Educadores Municipais (EFEM).


Reportagem: Kamilla Uhl

24 visualizações