top of page

Projetos do PSE aprovados para Seminário Assistência Estudantil e Serviço Social





Dois projetos desenvolvidos pelo Programa Saúde na Escola (PSE), da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), foram aprovados para o Seminário Assistência Estudantil e Serviço Social. O evento vai ser realizado na próxima sexta-feira (6) no Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro. Os trabalhos tratam da “Prevenção à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes” e “A Lei Maria da Penha e o Estatuto da Criança e do Adolescente na Escola: prevenção da violência contra adolescentes no namoro”.


O objetivo do evento é mobilizar e proporcionar o estabelecimento de diálogos e trocas de experiências entre assistentes sociais que atuam na política de educação e, mais especificamente, nos programas de assistência estudantil de diversas instituições no estado do Rio de Janeiro.





A organização do evento é feita pelo NUMAR, Projeto de extensão Articulando e Potencializando o Serviço Social na Assistência Estudantil/Cefet/RJ, NEEAE/Uerj, FASTAERJ e Colégio Pedro II e vai contar com mesa temática, rodas de debate e o lançamento do Fórum de Assistentes Sociais Trabalhadores da Assistência Estudantil do Rio de Janeiro (FASTAERJ). O coordenador do PSE, João Paulo de Oliveira, falou da importância da aprovação dos trabalhos.





“Ter dois trabalhos aprovados para serem apresentados no seminário da Assistência Estudantil é de grande relevância para o PSE. Só corrobora com todo o trabalho que realizamos o ano todo nas Escolas. O eixo da Promoção da Cultura de Paz, Cidadania e Direitos Humanos e prevenção aos diversos tipos de violência relaciona-se com os trabalhos/projetos submetidos, o que mobiliza e proporciona trocas e diálogos com outras experiências que estarão presentes no seminário”, ressaltou João.





Autora dos projetos, a assistente social do PSE, Francelyne de Assis Levino, disse que ter submetido as experiências de trabalho oportunizou ao Serviço Social dar visibilidade ao que está sendo realizado no campo da educação escolar, em Campos.


“Neste sentido, a apresentação dos trabalhos no Seminário possibilitará dar materialidade a experiência profissional também enquanto supervisão de campo, haja visto que a Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) é um dos campos de estágio para futuros assistentes sociais, proporcionando aos alunos do Curso de Serviço Social da UFF/Campos a união da teoria e prática”, definiu Francelyne.

49 visualizações
bottom of page