PSE aplica mais de 700 doses durante vacinação na Secretaria de Educação



Professor da Escola Municipal Leôncio Pereira, Lucas da Silva Manhães, foi à Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) na semana passada, durante a edição da Vacinação Itinerante do Programa Saúde na Escola (PSE), para se imunizar contra a Covid-19 e a Infuenza (gripe). "Por ser uma ação direcionada aos profissionais da Educação, a vacinação acontecer na sede da Secretaria facilita muito, por questões de horários dos profissionais", disse o professor. Concorda com Lucas a também professora Andressa Azevedo. "A gente está em contato, diariamente, com pessoas diferentes, de idades diferentes e o risco de contágio é maior. Fazer a imunização, especialmente as de rotina em função de nossa área de atuação, é fundamental e, sendo na Educação, ainda, facilita por ser uma oportunidade de buscarmos outros serviços e ainda ser um atendimento muito rápido” disse Andressa. Andressa e Lucas não foram os únicos que aproveitaram a vacinação itinerante para profissionais das redes públicas e particular de ensino de Campos, realizada na última semana, no corredor principal da Seduct. Ao todo, foram aplicadas 726 doses de vacinas. A imunização, contra Covid-19, Influenza (gripe) e vacinação de rotina, foi realizada pelo Programa Saúde na Escola (PSE) numa parceria da Educação com a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Secretaria de Atenção Básica, Vigilância e Promoção da Saúde. O coordenador do PSE, João Paulo Oliveira, ressaltou que a vacinação é o método mais eficaz de prevenir doenças como a Covid e até complicações que podem surgir de uma gripe. Durante todo o ano o PSE atua nas unidades escolares de Campos cuidando da proteção da saúde e prevenção de doenças com alunos, professores e demais profissionais da educação. “Sabemos que a vacinação é o método mais eficaz de prevenir doenças. Poder abrir este espaço para a vacinação dentro da Secretaria para os profissionais da Educação serve de incentivo para que os mesmos busquem a proteção contra algumas doenças, além de permitir que atualizem seu esquema vacinal. A conscientização é essencial já que algumas doenças podem causar impacto, não só na saúde, mas também na frequência escolar. A princípio seriam três dias ofertados para vacinação dos profissionais da Educação, decidimos prorrogar por mais um dia para que mais profissionais buscassem se imunizar”, concluiu João. TOTAL DE VACINAS APLICADAS 26/07/22 • Febre Amarela: 5 doses. • DT: 4 doses. • Hepatite B: 4 doses. • Influenza: 20 doses. • COVID-19: - 3° dose: 11 doses. - 4° dose: 38 doses. 27/07/22 • DT: 6 doses. • Hepatite B: 8 doses. • Influenza: 26 doses. • COVID-19: - 3° dose: 16 doses. - 4° dose: 39 doses. 28/07/22 • DT: 6 doses. • Hepatite B: 8 doses. • Influenza: 26 doses. • COVID-19: - 3° dose: 9 doses. - 4° dose: 64 doses. 29/07/22 • Febre Amarela: 5 doses. • DT: 11 doses. • Hepatite B: 23 doses. • VTV: 10 doses. • Influenza: 10 doses. • COVID-19: - 3° dose: 1 dose. - 4° dose: 16 doses. TOTAL GERAL: • Febre Amarela: 10 doses. • DT: 27 doses. • Hepatite B: 43 doses. • VTV: 10 doses. • Influenza: 82 doses. • COVID-19: - 3° dose: 37 doses. - 4° dose: 157 doses.

4 visualizações