top of page

PSE participa de ação sobre Dezembro Vermelho no auditório da prefeitura



O Programa Saúde na Escola (PSE) participou nessa quarta-feira (6) de uma ação promovida pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), no auditório da Prefeitura de Campos. Foi um encontro com adolescentes de diversos polos do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos, falando sobre a AIDS e as Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). O coordenador do PSE, João Paulo de Oliveira, disse que o Dezembro Vermelho marca uma grande mobilização nacional na luta contra o vírus HIV, a Aids e outras infecções sexualmente transmissíveis, chamando a atenção para a prevenção, a assistência e a proteção dos direitos das pessoas infectadas com o HIV. “O PSE promove ações de Educação em Saúde não só em dezembro, mas durante todo o ano, reforçando as atividades e ações abordando a temática das ISTs através dos projetos de enfermagem levando informação e informação é proteção”, disse João. Assistente Social do PSE, Francelyne Levino, disse que a campanha Dezembro Vermelho é de suma importância pois contribui com o aumento da circulação de informações a respeito do diagnóstico, tratamento e métodos de prevenção do HIV, Aids e das ISTs, dos direitos humanos dos pacientes com o vírus HIV, desmistificando estigmas e preconceitos que ainda existem, trabalhando os profissionais de saúde e educação no combate ao preconceito e discriminação contra pessoas que convivem com o HIV/AIDS e outras infecções.

“Uma outra, ação em alusão ao Dezembro Vermelho ocorreu na Creche Dom Antônio de Castro Maia, no início deste mês, destinado aos responsáveis pelos alunos, realizada pelo Projeto Eu Digo Não Prevenção ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, com vistas, sensibilizar o público presente a comunicação de casos suspeitos ou confirmados de violência sexual contra meninas e meninas, pois por meio dessa violência é possível a contaminação por infecções diversas”, disse Franciely. Já a coordenadora do SCFV, Deborah Carvalho, ressaltou a importância do trabalho e da parceria. “A saúde é um dos temas transversais do nosso percurso, contamos sempre que possível com a parceria de programas e serviços das demais secretarias. O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos reuniu os adolescentes das unidades de Travessão, Jardim Aeroporto, Parque Guarus, Dores de Macabu, Ururai, Poço Gordo, Penha e Martins Laje, Santa Cruz e Esplanada, para levar informações sobre as Infecções sexualmente transmissíveis, principalmente HIV e Sífilis, que possuem grande incidência no município”, disse Deborah. Enfermeiro do PSE, Humberto Augusto, disse que neste mês a concentração dos trabalhos está na informação e conscientização dos mais jovens. “Com foco especial nos adolescentes, buscamos fortalecer a prevenção contra a AIDS, sífilis e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), mostrando seus riscos, mitos e verdades, e destacamos a importância da educação e diálogo. Parcerias como essa entre o Programa Saúde na Escola e o SCFV são fundamentais para proteger nossa juventude, promovendo uma comunidade saudável e informada”, explicou o enfermeiro.



54 visualizações
bottom of page