PSE promove testagem itinerante na EM Luís Sobral nesta quarta-feira



A busca ativa de casos e o diagnóstico precoce para covid-19 nas unidades escolares, por meio do serviço de testagem itinerante, tem ajudado a Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia a evitar a propagação do coronavírus. Por meio do Programa Saúde na Escola (PSE), o serviço acontecerá na Escola Municipal Dr. Luís Sobral, no Jardim Carioca, nesta quarta-feira (18), das 10h às 13h30. A ação contemplará todos os alunos autorizados pelos responsáveis e funcionários. A Testagem Itinerante começou no dia 16 de março e, até agora, já foram testados cerca de 2 mil pessoas entre alunos e profissionais, em um total de 15 unidades escolares. A Prefeitura também vai promover a testagem na Escola Técnica Estadual João Barcelos Martins, ligada à Fundação de Apoio à Escola Técnica (FAETEC) segunda-feira (23), para profissionais e alunos, das 9h30 às 14h. A unidade também registrou casos de infecção de estudantes e servidores. As aulas foram suspensas na Escola Luís Sobral no dia 11 de maio, após oito servidores terem testado positivo para Covid. As atividades serão retomadas na unidade quinta-feira (19), após nova higienização no imóvel e testagem dos alunos e profissionais, de modo a garantir o retorno seguro para os alunos, profissionais e toda a comunidade escolar. “As orientações sobre a suspensão das aulas seguiram o protocolo contido no Manual do Retorno das Aulas Presenciais publicado pela Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) – CONFIRA AQUI - que incluem suspensão das aulas em casos como este. A direção da Escola Municipal Dr. Luiz Sobral solicitou a testagem para os funcionários e o polo de Testagem da Secretaria foi utilizado para esta finalidade. Além disso, foi feita a higienização da unidade na semana passada e será feita outra nesta quarta-feira (18). Os profissionais positivados receberam as devidas orientações, bem como a diretora da unidade escolar”, informou a assessora técnica da Secretaria, Catia Mello. O Coordenador do Programa Saúde na Escola (PSE) falou sobre a importância da ação. “Esta é mais uma parceria da Seduct com a Secretaria de Saúde, que acontece por meio do Programa Saúde na Escola. O objetivo é aumentar a proteção dos profissionais e estudantes e evitar a propagação do coronavírus. Tanto essa ação quanto a vacinação itinerante contra covid acontecem mediante autorização dos responsáveis pelos estudantes, que devem assinar um termo de consentimento", disse João.

8 visualizações