top of page

Quadrilhas, comidas típicas e muita animação nos “arraiá” das escolas



Quadrilhas, comidas típicas, dança e muita animação. As festas juninas têm colorido e animado as unidades escolares nos últimos dias. As Escolas Municipais Ferroviário Jacy da Silva Barbeto, no Centro; Manoel Simões de Resende, em Cantagalo e Maria Antônia Pessanha Trindade, em Dores de Macabu, realizaram seu “arraiá” com muita animação. Diretora da Ferroviário, Adriana Matos, disse que é gratificante ver a empolgação e envolvimento da comunidade escolar nesses eventos.


“Essas atividades, como as juninas, nos permitem promover a inclusão e a integração dos alunos e seus responsáveis. Também desempenha um papel muito importante no desenvolvimento sócio emocional dos alunos. Assim como na demais escolas do município, é um período gostoso e que podemos trabalhar os conhecimentos culturais com muita diversão”, explica.


Professora da unidade, Erica Caetano Pinheiro Carneiro, pontuou a importância das festas juninas nas unidades. “Além do riquíssimo conhecimento e da expansão cultural que esta prática possibilita aos alunos, o momento de festa na escola traz de volta a Interação da família com o espaço escolar, alegrando os alunos em tê-los aqui, convivendo e festejando no mesmo espaço que para eles era rotineiro. Pude perceber no olhar de cada um, a felicidade de comemorar e festejar juntos. Família e escola, uma parceria que dá certo”, disse Erica.



Para o diretor da Diretor da Manoel Simões de Resende, Alcir Alves da Silva, o encontro julino teve como propósito pedagógico de desfazer, junto à comunidade escolar, o pensamento de que “as festas juninas” servem tão somente à propaganda religiosa. “Fizemos com os alunos um mural explicativo, além de uma pequena exposição falando sobre esse assunto. Depois, tivemos várias apresentações de dança, um casamento na roça e a grande dança de quadrilha, digna das grandes apresentações. Fizemos uma festa modesta, nossa primeira festa junina, porém com a presença quase total dos pais, foi uma surpresa. Estamos felizes com a participação e força de nossos alunos. Além de uni-los, a convivência saudável e respeitosa é o que se comprova agora”, conta Alcir.



A diretora da E.M.Maria Antônia Pessanha, Sônia Maria Sardinha da Cruz, disse que a “Festa da Roça” contou com a participação de todos os segmentos da unidade escolar, os professores mobilizaram os alunos com a temática da festa através de ensaios, confecções de bandeiras e o trabalho em equipe para que a festa pudesse acontecer com êxito.


“A parceria das famílias com a escola é fortalecida nesses momentos e a festa já se tornou uma tradição na escola, já é um evento esperado pelos pais e alunos. Cada turma com seu respectivo professor preparou apresentações de danças com os alunos da educação infantil e fundamental I, premiaram rei e rainha da festa com os alunos do fundamental 1 e uma belíssima quadrilha com os alunos do fundamental II. Todos foram inseridos na festa para que pudessem ter o sentimento de pertencimento a história e atividades da escola. A escola caminha de mãos dadas com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), valorizando e respeitando a cultura local., disse a diretora.

104 visualizações

Comentários


bottom of page