Recesso escolar começou esta semana nas escolas da rede municipal


Começou nesta nesta semana e vai até o dia 25 deste mês, o recesso escolar nas unidades municipais. Durante esse período, as escolas funcionam em horário normal, podendo ser realizadas pelas unidades a complementação de dia letivos pendentes, reforço escolar e ações de capacitação para os profissionais de Educação. Será concedido recesso escolar aos docentes servidores efetivos que exerçam regência de classe, professores do processo seletivo simplificado (contratos), com mais de 12 meses de serviço e, também, aos auxiliares de turma. Fica a critério da direção a possibilidade dos demais profissionais que atuam na escola a atuarem em sistema de rodízio, garantindo o funcionamento de horário integral. De acordo com a diretora Pedagógica da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), Tânia Alberto, o calendário escolar prevê um recesso anual de 15 dias e férias de 30 dias, aprovado pelo Conselho Municipal de Educação, previsto em lei, e publicado sempre no início do ano letivo. Ainda segundo Tânia, o recesso escolar é importante para a renovação da energia dos docentes que atuam com turmas e, prioritariamente, acontece em 15 dias consecutivos e, excepcionalmente, fracionados com situações como, por exemplo, da pandemia, que trouxe para as escolas essa nova situação de ter o calendário interrompido pontualmente, em função da Covid-19. “Todas as turmas estão de recesso, exceto as que têm dias letivos a repor que não cabe nos sábados planejados. Não é a escola em recesso. Esta funciona normalmente. O recesso é dos alunos e professores regentes. Nesse momento, vários alunos são beneficiados com propostas de reforço escolar, além de algumas reposições pontuais de aulas não dadas devido as escolas, ou turmas, terem aulas suspensas por causa de Covid nas unidades. Esse recesso é o momento em que alunos e professores se reorganizam para prosseguir os estudos pelo próximo semestre”, explica Tânia.

18 visualizações