top of page

Robô abre III Seminário de Tecnologias Digitais na Educação




O III Seminário de Tecnologias Digitais na Educação começou de um jeito diferente na noite desta quarta-feira (13). Um robô-professor-apresentador deu as boas vindas aos profissionais que participam do evento e foram surpreendidos com a novidade. O nome dele é R Tech One. O novo "servidor público” da Prefeitura de Campos foi criado com as peças do Laboratório de Robótica distribuído pela Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) às escolas municipais este ano.


O robô foi desenvolvido pelos alunos do 9o ano da Escola Municipal Amaro Prata Tavares sob a coordenação do professor Cláudio Cabral Junior e a coordenação dos Laboratórios de Tecnologias Digitais da Seduct. Essas e outras atrações integram a programação do Seminário, que prossegue nesta quinta-feira (14) no Teatro Municipal Trianon, e sexta-feira (15) na Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (Uenf).





A abertura foi realizada pelo secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres; subsecretária de Ciência e Tecnologia, Suzana da Hora; e a coordenadora de Tecnologias e Mídias Digitais da Seduct, Anna Karina Vieira, com participação da Academia Bullet Danças Ana Cláudia Bullé.




O evento está abordando o tema “A Construção do Conhecimento na Cultura Digital” e a programação inclui, ainda, a III Feira de Inovação, Educação e Tecnologias. A presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima, Auxiliadora Freitas, também marcou presença.




“Esse evento representa apenas uma demonstração daquilo que a educação é capaz de fazer. Pouco adianta uma ação que parta da Seduct se não for efetivamente transformada e acolhida no âmbito de cada unidade da rede. Estamos muito orgulhosos e felizes, pois em menos de dois anos após a pandemia, já estamos conseguindo transformar a educação de Campos e vendo mais brilho nos olhos dos nossos profissionais. Nossa rede deve ter orgulho do seu material humano, pois temos profissionais valorosos. Por meio da tecnologia, o mundo tem conseguido reunir a ciência e a inteligência. Que essas informações sejam transformadas em conhecimentos ativos e possam atuar à serviço da humanidade”, afirmou Marcelo.


Anna Karina afirmou que o seminário tem como objetivo a discussão e incorporação das tecnologias digitais na educação. “O Seminário deseja ressignificar a educação e as intencionalidades educativas, garantir um suporte de apoio importante para os professores na sala de aula, democratizar o conhecimento e garantir o acesso à informação. É fundamental investir na formação dos educadores. Desejamos inspirar práticas novas e diversas que enriqueçam o processo de construção do conhecimento”, disse.


Suzana deu as boas-vindas aos educadores. “Agradeço, principalmente, a todos os setores da Seduct que tornaram esse evento possível, dando condições para que ele seja um sucesso. Na semana passada, estive na Bienal do RJ, onde o foco também era a inteligência artificial, que estamos discutindo aqui nesse evento. Esse é o assunto da vez e vocês estão de parabéns por estarem desejando aprender mais sobre isso”.



A primeira palestra da noite tratou da Inteligência Artificial na Educação e foi ministrada por Júlio César Pereira, especialista em educação e inovação, cultura maker, desenvolvimento e participação em campeonatos de robótica, engenharia robótica e criação de materiais didáticos para diferentes níveis de ensino. É responsável por desenvolver projetos inovadores e conduzir formações de professores em todo o país. Ele falou sobre ​introdução à inteligência artificial na educação, tendências e exemplos práticos, cultura maker e educação tecnológica, e o futuro da educação impulsionado por IA.



O pró-reitor de ensino do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF), doutor Carlos Artur de Carvalho Arêas, abordou o tema “ Tecnologia, Cultura e Inovação na Educação no Século XXI”, debatendo questões como tecnologia como fluxo, tecnologias de informação e comunicação na educação, tecnologia e metodologias de ensino e aprendizagem, cultura digital e educação, inovação na educação.


Ele é engenheiro mecânico, mestre em Administração, membro do Núcleo de Estudos sobre Acesso e Permanência na Educação desde 2019, atuou na Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação, como coordenador geral de Fortalecimento dos Sistemas Públicos de Educação Profissional e Tecnológica e Diretor de Integração das Redes de Educação Profissional e Tecnológica.







93 visualizações
bottom of page