Secretário de Educação visita Creche Escola da Penha




O secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, visitou, nesta quinta-feira (4), a Creche Escola Municipal da Penha. Marcelo conversou com profissionais da unidade, que conta com 195 alunos do Berçário, Maternal 1 e 2 e do Pré-1 da Educação Infantil, para saber das melhorias implantadas na creche e as principais demandas.


"Para nós, diretores, está sendo muito satisfatória essa parceria entre Seduct e direção. Sabemos das dificuldades na área de educação, mas estamos percebendo uma disposição grande em acertar e estamos vendo resultados. A chegada dos brinquedos, parte do mobiliário das salas e refeitório, adequados pedagogicamente à idade de creche, uniformes e o atendimento a pequenos reparos, tudo isso além de facilitar o nosso trabalho tem nos dado mais estímulo para continuar desempenhando esse trabalho de gestão", contou a diretora Rosi Santos.


O secretário acompanhou parte das aulas e o horário de lazer das crianças no parquinho, que faz parte dos equipamentos, mobiliários e materiais pedagógicos que vêm sendo direcionados às unidades escolares de Campos. Na última semana, a unidade recebeu os uniformes escolares e uma máquina de lavar roupas.


"Foi um desafio grande com relação à questão da adaptação, porque as crianças ficaram dois anos afastadas da sala de aula e, quando retornaram, tiveram uma certa dificuldade. Então, nós fomos mudando a nossa prática, adaptando as ações às necessidades e acolhendo os alunos de forma a passar segurança para eles. Depois, sim, entramos na parte pedagógica e percebemos que está tudo fluindo bem. O retorno do recesso foi bem tranquilo. E os novos mobiliários, os kits pedagógicos foram fundamentais para reforçar essa parte pedagógica, para oferecer uma rotina escolar mais atrativa para nossos alunos", disse a professora do Maternal 2, Regiane Ribeiro Gonçalves.





O secretário Marcelo Feres conversou, também, com mães alunos, entra elas Kamila de Freitas Gomes, que tem oito filhos estudando na rede municipal de ensino. Todos passaram pela Creche Escola da Penha e o mais novo, Leonardo, ainda está na unidade, na turma Pré 1.

"Meus filhos todos passaram por aqui e a creche agora está super legal, de portas abertas para os pais, com a preocupação de entrar em contato com a gente quando o filho, às vezes por estar doente, falta. Acho que estão fazendo um ótimo trabalho e tudo está muito melhor. Léo mesmo teve dificuldade de adaptação, não queria conversar, não queria brincar e a direção me chamou, indicou um acompanhamento. Hoje, ele chora se a gente falar que não vai para a creche. Ele era magrinho, não comia de tudo. Agora a alimentação dele está muito mais saudável. Ele come e repete e, ainda toma mingau", contou a mãe.




O secretário ouviu as demandas das mães e do corpo docente. "A nossa rede municipal de ensino está passando por uma grande restruturação de suas escolas e creches e temos dezenas de obras de reforma, manutenção, ampliação e até construção de unidades escolares novas. Uma de nossas metas é ampliar a capacidade de matrículas da educação municipal e estamos trabalhando para criar todas as condições para que nossas crianças tenham um ensino com cada vez mais qualidade", explicou Marcelo Feres.




8 visualizações