top of page

Secretaria de Educação e conselheiros tutelares dialogam sobre processo de matrícula




O secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres, recebeu os conselheiros tutelares de Campos em reunião, nesta segunda-feira (29), onde dialogou sobre o processo de matrícula de 2024 e esclareceu dúvidas a respeito de outros assuntos como, por exemplo, as mudanças na matriz curricular da educação infantil neste ano. Ele estava acompanhado da subsecretária de Educação, Rita Abreu, e do subsecretário de Gestão Operacional, Nilo Manhães.


Marcelo destacou as novidades do novo processo de matrícula que, este ano, vai contar com reclassificação dos candidatos não alocados, matrícula extemporânea e expansão das unidades escolares da rede municipal de ensino visando garantir a ampliação da oferta de vagas, principalmente na educação infantil, e a universalização da educação pública. 

 

“Esse é um dos compromissos da Seduct em 2024: a universalização da educação. Estamos trabalhando para fazer o melhor para nossas crianças e suas famílias. Antes, havia alunos da Tapera, por exemplo, que estudavam em Nova Brasília. Isso não faz sentido. Por isso estamos expandindo a rede. Vamos ampliar a creche da Tapera, por exemplo, aumentando a capacidade de atendimento de 150 para 300 alunos. Serão praticamente duas creches em uma”, informou Marcelo.


Marcelo adiantou que, em breve, os responsáveis pelos alunos poderão acompanhar as notas e a frequência escolar dos estudantes diretamente no Sistema Unificado de Administração Pública (SUAP) Modalidade Ensino, implantado no ano passado pela Secretaria de Educação.


“Os pais vão poder acompanhar a nota dos alunos direto no nosso sistema, as notas e a frequência, o que vai ajudar a diminuir a evasão escolar. Para isso, demos um chromebook aos professores que fizeram cursos para aprender a usar o SUAP, mudamos e aumentamos a velocidade da internet no ano passado, colocamos novos computadores em todas as escolas. Enfim, as barreiras que o papel gerava estão indo embora. Já nas primeiras semanas de aula, os professores deverão fazer a enturmação dos alunos e, depois, o registro da aula/frequência! Essa é mais uma política pública integrada da Secretaria de Educação”, explicou o secretário. 



DIÁLOGO


Na última sexta-feira (26), ele também dialogou sobre esse assunto com os diretores das unidades escolares da rede municipal de ensino, em reunião on-line. A Conselheira do Conselho Tutelar 5, Renata da Conceição falou sobre o avanço com a chegada do SUAP.


“Essa mudança é muito positiva. Antes, os documentos dos alunos ficavam em pastas suspensas e, agora, as escolas de cada território conseguirão ver diretamente no sistema, e a gente não precisa mais vir aqui na Secretaria saber onde está determinado aluno, por exemplo. Ficará bem mais fácil! Além disso, é importante registrar que, na gestão passada, o diálogo com a Secretaria de Educação era bem difícil e agora estamos percebendo uma mudança considerável, com uma grande disposição para o diálogo”, registrou Renata.


VAGAS


Nilo lembrou que a Secretaria vai divulgar a reclassificação dos candidatos não alocados na pré-matrícula/2024 na próxima quarta-feira, 31 de janeiro, no portal do Programa de Aprendizagem Eficiente (PAE). Neste caso, a matrícula dos alunos reclassificados deverá ser efetuada entre 31 de janeiro e 2 de fevereiro na própria unidade escolar.


Ele também orientou que, a partir de 5 de fevereiro, a Secretaria vai abrir nova oportunidade para matrículas extemporâneas, ou seja, para aqueles que perderam o prazo do edital e não fizeram a pré-matrícula no período previsto, ou não foram alocados na primeira etapa do processo. “Também a partir do dia 5 de fevereiro, os responsáveis pelos alunos alocados na primeira etapa poderão solicitar transferência de unidade”, disse Nilo.

175 visualizações
bottom of page