Secretaria de Educação e parceiros vão implantar Projeto Reciclar na Rede

A primeira etapa do projeto terá início em fevereiro do próximo ano e vai contemplar 27 escolas, ampliando para 60 unidades até o final de 2022

Foto: Kamilla Uhl


A Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) e a Secretaria de Planejamento Urbano, Mobilidade e Meio Ambiente (SPUMMA) vão implantar o Projeto Reciclar na Rede a partir do início do ano letivo de 2022, nas unidades escolares da rede municipal de ensino. De caráter interdisciplinar, o projeto vai acontecer em parceria, ainda, com a Secretaria de Serviços Públicos e a Vital Engenharia. A primeira etapa do projeto terá início em fevereiro do próximo ano e vai contemplar 27 escolas, ampliando para 60 unidades até o final de 2022.

O objetivo é promover a educação ambiental através da coleta seletiva, com foco na responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos; promover a inclusão social através da reciclagem; e maior conscientização dos alunos referentes à limpeza pública e a destinação correta dos resíduos gerados nas escolas, nas residências e nas vias públicas.

“Cerca de 30 mil alunos do Ensino Fundamental serão beneficiados nessas 60 unidades, sendo 15 mil na primeira etapa, a partir de fevereiro. No final do ano, vamos premiar a escola que mais se empenhar. Passaremos as instruções de como vai funcionar na primeira reunião de gestores de 2022, prevista para acontecer em fevereiro. Não apenas alunos e profissionais da Educação serão envolvidos, mas também pais de alunos, familiares e toda a comunidade escolar”, explicou o subsecretário de Educação, Frederico Rangel.

Ele promoveu reunião nesta terça-feira (21) com a coordenadora de Ciências da Natureza e Educação Ambiental da Seduct, Ísis Vivório; o gerente de Próprios e Coleta Seletiva da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, José Orvílio; auxiliar de Engenharia da Vital, Beatriz Peixoto; gerente de Projetos e Recursos da Secretaria de Planejamento Urbano, Eduardo Carvalho; e o coordenador de Educação Ambiental da SPUMMA, Júlio Carlos Junior, na sede da Seduct, para tratar do assunto.


Ísis afirmou que todas as áreas do conhecimento serão trabalhadas, de acordo com a Base Nacional Comum Curricular: Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Arte e Educação Física. “Vamos promover oficinas, palestras, capacitações, gincanas, dinâmicas, alternando entre atividades virtuais e presenciais. Os alunos poderão entender exatamente o caminho que percorre o lixo e conhecer todo o processo de descarte e reciclagem”, explicou Ísis.

José Orvílio acrescentou que as unidades selecionadas receberão um contêiner de mil litros e funcionarão como Pontos de Coleta Seletiva para entrega voluntária de resíduos recicláveis. “O caminhão irá passar duas ou três vezes por semana em cada escola. A ideia é fazer com que a coleta seletiva gere conscientização e a comunidade escolar seja multiplicadora das informações recebidas”, comentou.


De acordo com Júlio, será feita uma contagem de quantos contêineres cada escola irá recolher para a premiação final. “Ficaremos responsáveis pelas palestras e oficinas, e ajudaremos a desenvolver o trabalho na prática em cada unidade”, informou Júlio que é coordenador do Centro de Educação Ambiental Prata Tavares.

Relação das 27 Unidades contempladas na primeira etapa

Creche Escola Sagrada Família

Escola Municipal Lídia Leitão de Albernaz

E. DR. Alcindor de Moraes Bessa

Escola Municipal Maria Lúcia

E. M. Custódio Siqueira - CIEP 056

Professora Carmem Sylvia Carneiro - CIEP 144

Escola Municipal Prof. Walter Siqueira Manhães

CIEP Arnaldo Viana - CIEP 481

Escola Municipal Professora Sebastiana Machado da Silva

Escola Santo Antônio

Escola Municipal Dr. Luís Sobral

Centro Educacional 29 de Maio

CIEP Clovis Tavares - CIEP 461

Escola Municipal Custódio Generoso Vieira

Escola Municipal Senador José Carlos Pereira Pinto

Escola Pequeno Jornaleiro

Iniciação Agrícola José Francisco Mota Vasconcelos

Rotary

Escola José do Patrocínio

Escola Prof. Wilmar Cava Barros

Escola Francisco de Assis

Escola Municipal Professora Olga Linhares Corrêa

Escola Prisco de Almeida

Escola Lions Goitacá

Escola Branca Peçanha Ferreira

Escola Municipal Frederico Paes Barbosa

Escola Lions


Reportagem: Kamilla Uhl

17 visualizações