top of page

Secretaria de Educação em diálogo com FGV para formação de profissionais da EJA



O secretário de Educação Ciência e Tecnologia (Seduct), Marcelo Feres, promoveu reunião com o pesquisador da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e professor do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), Aléssio Trindade, ex-secretário nacional de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (MEC). O encontro aconteceu na sede da Secretaria esta semana. Os dois órgãos estão em diálogo a fim de buscar ações inovadoras e avanços na área de capacitação dos profissionais que atuam na Educação de Jovens e Adultos (EJA) da rede municipal de ensino, com foco no melhor desempenho dos estudantes.



Também participaram da reunião a diretora Pedagógica da Secretaria, Tânia Alberto, e a professora de Suporte Pedagógico (PSP), Adriana Sales, durante o período da manhã. À tarde, outro encontro aconteceu com participação da assessora técnica da Seduct, Catia Mello, e representantes da FGV, de forma online.


Marcelo explicou que a proposta é apoiar as atividades da EJA, articulando-a à educação profissional, inclusive na área de negócios. “Atualmente, há cerca de 2.900 alunos da EJA matriculados em 26 escolas da rede municipal. A ideia é que os professores que lecionam para esses estudantes sejam capacitados a fim de se tornarem agentes de transformação para seus alunos. Poderão ser disponibilizadas cerca de 200 vagas para os profissionais, cujos critérios de seleção serão informados em breve”, informou o secretário.


O pesquisador explicou que o projeto pretende oferecer aos educadores acompanhamento da FGV com apoio de conteúdos digitais. “É um projeto integrador, com a formação dos professores, que vão aprender a ser mentores. Não é necessário ser especialista. Ele vai ser um orientador, que vai cuidar dos seus alunos. Na qualificação profissional, teremos o apoio de vídeos com conteúdo de empreendedorismo, vendas, rotinas administrativas, matemática financeira, mídias e planos de negócios. Também teremos oficinas específicas como, por exemplo, para a criação de mídias e de fotografias”, disse Alessio.

Marcelo Feres ressaltou que essa medida deverá contribuir para a melhoria do processo de ensino-aprendizagem, garantindo ao aluno ainda mais vontade de estar em sala de aula. “Sabemos que esse é um público que necessita de estudar e trabalhar. Muitos ajudam no sustento da família. Queremos também envolver essa família, para que o estudo se torne algo prazeroso e ainda mais essencial a suas vidas. A educação transforma a realidade das pessoas e, por isso, temos que estar atentos a tudo que seja interessante para nosso aluno, lançando mão de coisas que ele possa utilizar no dia a dia e que sejam úteis à sua vida prática”, ressaltou o secretário.

Tânia informou que o curso deverá ser online e contará com dois seminários presenciais de início e término da capacitação.


"Estamos nessa tratativa desde o ano passado com reuniões presenciais e online na perspectiva de construir uma parceria para formação continuada dos nossos professores, que permita que eles sejam protagonistas de ações pedagógicas com foco no melhor desempenho do aluno. A estratégia é prepara-los num formato de práticas que a FGV já possui, de trabalhar o protagonismo, com base numa metodologia já colocada em prática e inspirada em projetos desenvolvidos na Finlândia com muito resultado. Alinhamos o formato adequando-o à realidade local. O projeto pretende atender, ainda, diretores e pedagogos, e visa também alcançar a comunidade externa da escola, provocando a transformação em toda a escola. Um grupo será selecionado ao final dessa primeira etapa, para dar prosseguimento ao curso, com uma pós-graduação latu senso em gestão escolar. Queremos, com isso, motivar e mobilizar o professor para que o resultado seja o melhor desempenho dos alunos", completou Tânia.


Tratativas - Essa é a segunda vez que Alessio Trindade visita Campos. O primeiro encontro aconteceu em 2021, quando as tratativas foram iniciadas. Na ocasião, Alessio acompanhou o ex-ministro de Estado da Educação (MEC), José Henrique Paim, atualmente diretor do Centro de Desenvolvimento da Gestão Pública e Políticas Educacionais da Fundação Getúlio Vargas (DGPE/FGV). Eles participaram de reunião com o prefeito Wladimir Garotinho e Marcelo Feres, na sede da Prefeitura. Em seguida, visitaram a Escola Municipal 29 de Maio, na Pecuária; e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF) - Campus Campos Centro.

156 visualizações

Comments


bottom of page