top of page

Seduct realiza reunião para escolha de livro didático




A subsecretária de Educação, Rita Abreu, fez a abertura da reunião técnica do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD/MEC), realizada nesta sexta-feira (18), de forma remota, através do Google Meet. O objetivo foi orientar os profissionais da rede municipal de ensino para fazerem a escolha dos livros didáticos do Ensino Fundamental Anos Finais para o próximo quadriênio, nas seguintes áreas do conhecimento: Língua Portuguesa, Matemática, Ciências Naturais, Ciências Humanas (História e Geografia), Língua Inglesa, Educação Física, Arte.


O prazo final para a escolha das obras é até a próxima quarta-feira, dia 23. O passo a passo para fazer a opção foi enviado para os grupos de gestores. A novidade este ano é que o livro didático por área do conhecimento mais escolhido pelos professores, em cada unidade escolar, será o validado pelo sistema do MEC, e, posteriormente, distribuído aos estudantes, adesão da modalidade unificada. O PNLD tem como objetivo fornecer livros para os estudantes da Educação Básica de todo território brasileiro.


“Esse é mais um recurso pedagógico e um momento importante de escuta e troca de ideias em um processo democrático, ouvindo os gestores para fazer uma escolha unificada. Podemos lembrar que, antes, fazer a escolha de livros didáticos era algo difícil e, hoje, é feita de forma rápida e segura e com a melhor intervenção pedagógica. É o desejo de todos de recuperar nossa aprendizagem”, disse Rita.


A coordenadora Municipal do PNLD/MEC, Ana Raquel Pourbaix, ressaltou que a equipe pedagógica da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) vai estar de prontidão na sala 25 para tirar dúvidas em relação ao processo de escolha.


“Essa escolha é muito importante porque é a liderança pedagógica na escola. É essencial que o gestor leia o guia de escolha, todas as obras aprovadas pelo MEC no guia. O PNDL é um programa antigo, tem mais de 80 anos, é muito sério. Nesse momento devemos nos concentrar nessa escolha e fazer o que for melhor para nosso ensino-aprendizagem”, explicou Ana Raquel.


Ana Raquel explicou ainda que a escolha é pautada no princípio da democracia, ou seja, os professores por área do conhecimento analisam as obras aprovados pelo MEC, dispostas no Guia Oficial e, a seguir, indicam aquela que guarda aderência com o projeto político-pedagógico do município.





O município de Campos utiliza as obras ofertadas pelo PNLD /MEC da Educação Infantil ao Ensino Fundamental, anos finais desde 2021, quando foram escolhidos pela primeira vez os livros da Educação Infantil. Agora, serão escolhidos os livros didáticos que os professores e estudantes utilizarão nos próximos anos, ou seja, de 2024 a 2027.


“Assim, cada área do conhecimento elege a opção de título que deseja receber nos próximos 4 anos. Por fim, a escolha é lançada no sistema, Plataforma PNLD Digital do Governo Federal. A ideia é respeitar a voz do corpo docente, criar uma harmonização na escolha visando fortalecer o alinhamento pedagógico", explicou Ana.

44 visualizações

Comments


bottom of page