top of page

Semana marcada por Avaliações Diagnósticas e Acolhimento às Famílias na Escola



Acolher, conhecer os novos integrantes, tomar ciência e investigar se há demandas específicas e orientar quanto à participação na aprendizagem das crianças. Esses são os principais objetivos das Avaliações Diagnósticas e Acolhimento às Famílias na Escola, que aconteceram nesta semana nas unidades escolares da rede municipal de ensino.


A coordenadora de Ensino Fundamental, Anos Iniciais, Verônica Gomes, explicou que no ano passado, o retorno pós pandemia exigia um acolhimento individualizado. Agora, em 2023, os alunos são acolhidos nas turmas com aulas e avaliações diagnósticas para todo grupo, a fim de verificar suas dificuldades e os pais, novos e antigos, acolhidos em grupos pela gestão, pedagogos, PSP e até professores, sempre de forma planejada.




“As Avaliações Diagnósticas têm a finalidade de investigar o desempenho e nível de aprendizagem dos alunos para organização de planejamentos, organização de atividades, registro do professor, não tem sua impressão como um pré-requisito para sua realização. Jogos pedagógicos, leituras, interpretação de textos e outras atividades orais e escritas podem fazer esse mesmo papel. O que manda é o planejamento, a organização, a criatividade e o registro do professor da turma”, explica Verônica.

A coordenadora ressaltou ainda que foi enviado para os diretores, pedagogos e Professores de Suporte Pedagógico (PSPs) um link do Ministério da Educação (MEC), com Avaliações Diagnósticas e Formativas que podem também ser utilizadas. “Elas estão alinhadas às linguagens e estruturas das avaliações externas aplicadas em todo território nacional e que compõem os instrumentos que calculam nossos índices e direcionam os investimentos públicos na educação”, finaliza Verônica.




171 visualizações

Comments


bottom of page