Seminário de Educação Fiscal e Financeira com inscrições abertas



Com o objetivo de difundir a Educação Fiscal e Financeira para crianças e adolescentes da rede pública municipal, o Seminário de Educação Fiscal e Financeira vai ser lançado dia 8 de junho, no auditório da Prefeitura de Campos, das 15h às 18h. As palestras serão ministradas pelo analista tributário, representante regional de Cidadania Fiscal da Receita Federal na 7ª Região Fiscal (Rio de Janeiro e Espírito Santo), Vicente Bruno Cavalcanti de Oliveira, e o auditor Fiscal, representante local de Cidadania Fiscal da Delegacia da Receita Federal em Niterói, Antônio Lopes de Carvalho Neto. As inscrições devem ser feitas no Portal do Programa de Aprendizagem Eficiente (PAE) - AQUI.

O seminário vai contar com a presença do prefeito, Wladimir Garotinho; do secretário de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), Marcelo Feres; do secretário de Transparência e Controle, Rodrigo Resende, e do inspetor da Receita Federal de Campos, Marcelo Fernandes Pimentel. O público alvo são professores do Ensino fundamental I e II do município. O evento é uma parceria com a Prefeitura de Campos, a Seduct e a Receita Federal.

A parceria com a Receita Federal foi articulada em abril deste ano, quando a assessora técnica da Seduct, Catia Mello, representou Marcelo Feres em uma reunião com o superintendente da Receita Federal do Brasil na 7ª Região Fiscal, Flávio José Passos Coelho. O encontro aconteceu na sede do órgão, no Rio de Janeiro.

O secretário ressaltou a importância da parceria. “Educação fiscal nas escolas é fundamental para sairmos de uma mentalidade meramente consumidora, individualista, para uma mentalidade pautada na solidariedade social que pense no bem-estar de todos”, disse.

De acordo com Catia Mello, o projeto vai ser realizado em 4 etapas, nas quais serão realizadas conversas com os alunos e comunidade escolar sobre educação fiscal e financeira, com a participação, também, de representantes da Receita Federal. “Na última fase, os participantes terão um auxílio na educação fiscal da própria escola ou na família, aprendendo a confeccionar planilha de ganhos, gastos e sobras do orçamento familiar”, explicou.

“Neste evento, os profissionais terão uma noção do que é o projeto e ao que se propõe, verá a conexão entre educação fiscal e formação cidadã, será sensibilizado sobre a importância da educação financeira e terá noções sobre a temática da tributação. No que diz respeito à participação da Receita Federal, queremos despertar a consciência de que a tributação afeta às nossas vidas, diz respeito ao viver em sociedade e é instrumento para a superação das desigualdades. A sociedade somente é boa quando ela é boa para todos”, finalizou Marcelo.

85 visualizações