Setembro Amarelo com ações culturais e de saúde na Seduct





Conscientizar as pessoas acerca da importância da saúde mental. Esse é um dos objetivos do ”Lanche Amarelo”, ação que está sendo desenvolvida pelo setor da Animação Cultural da Secretaria de Educação Ciência e Tecnologia (Seduct) e será realizada na próxima quarta-feira (28), às 14h, no espaço de convivência da Secretaria. O trabalho terá apoio do Programa de Saúde Escolar (PSE) que, por meio de uma parceria com a Estácio de Sá, vai contar com a participação de enfermeiros e nutricionistas, e também do setor Multiprofissional da Seduct.


Durante toda a manhã, serão realizadas apresentações culturais, ações de saúde, roda de conversa e lanche. Coordenadora da Animação Cultural, Eliana Carneiro Mota, explicou que a pandemia contribuiu muito para desequilibrar o emocional das pessoas e, por isso, o objetivo do “Lanche Amarelo” é dar voz a essa problemática que muitas vezes não recebe a devida atenção.


“Fizemos parceria com as coordenações do PSE e multiprofissional que irão ter ações nas quais vamos enfatizar a prevenção ao suicídio. Tem ainda a parte cultural. Escolhemos um texto muito profundo que é “365 dias Amarelos”, do autor Jaile Medeiros, e vamos tentar fazer um jogral com ele. Esse texto diz que não é só setembro que a gente tem que trabalhar e sim o ano inteiro. Queremos com essa ação levar música e um pouco de paz para todos porque, às vezes, você tem um problema e não consegue se abrir, tem vergonha de falar,

então, dessa forma, vamos oferecer esse momento de integração entre os nossos profissionais.


De acordo com o coordenador do PSE, João Paulo Oliveira, a equipe de enfermagem do PSE vai realizar testes rápidos de Covid-19, Hepatite C, HIV e Sífilis. Já a equipe da Estácio de Sá vai realizar aferição de pressão arterial e glicemia capilar. Haverá, ainda, informações acerca dos projetos “Escola Protetora da Mulher” e “Eu Digo Não! Prevenção ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes “, com os principais canais de denúncias.


“Para nós, do PSE, estar presente nesse evento é de extrema relevância. Poder levar algumas ações de educação em saúde para os servidores e público presente no dia, além de reforçar a conscientização sobre a prevenção do suicídio, buscando alertar a população a respeito da realidade da prática no Brasil e no mundo. Para o Setembro Amarelo, a melhor forma de se evitar um suicídio é através de diálogos e discussões que abordem o problema”, esclareceu o coordenador.


Já o setor multiprofissional vai participar através de uma atividade realizada por quatro profissionais de Psicologia, de sua coordenação. “O objetivo da atividade é nos aproximar dos servidores que participarão do lanche, conversando sobre a importância da preservação da saúde mental como forma de prevenir o adoecimento psíquico. A atividade será referenciada em materiais disponibilizados pelo Instituto Vita Alere de Prevenção e Prevenção ao suicídio”, esclareceu a coordenadora do Multiprofissional, Adriana Gonçalves.


SETEMBRO AMARELO


O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio. No Brasil, foi criado em 2015 com a proposta de associar à cor ao mês que marca o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, 10 de setembro. O suicídio é um problema de saúde pública, com impactos na sociedade como um todo. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) todos os anos, mais pessoas morrem como resultado de suicídio do que HIV, malária ou câncer de mama - ou guerras e homicídios. Entre os jovens de 15 a 29 anos, o suicídio foi a quarta causa e morte depois de acidentes no trânsito, tuberculose e violência interpessoal. Trata-se de um fenômeno complexo, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, sexos, culturas, classes sociais e idades.

27 visualizações