top of page

Setembro Amarelo: prevenção ao suicídio nas escolas municipais




A Campanha Setembro Amarelo tem sido tema de atividades desenvolvidas nas unidades escolares da rede municipal de ensino, com o objetivo de promover a prevenção ao suicídio. A Escola Municipal Manoel Simões de Rezende, situada na Estrada do Carvão (Cantagalo), é uma das que aderiram à Campanha e, há uma semana, o tema tem sido desenvolvido através de palestras e estímulo à construção de textos. Nesta terça-feira, a psicóloga Juliana Campos ministrou uma palestra sobre o assunto na unidade e, na próxima quinta-feira (14), vai ser a vez do também psicólogo, Vitório Machado.


Gestor da escola, Alcir Alves da Silva disse

que os profissionais vão abordar de forma lúdica sentimentos como tristeza, ansiedade e medo.


“É importante falar sobre isso para que os alunos possam identificar esses sentimentos e peçam ajuda, se necessário. Durante essas palestras os profissionais também vão abordar o bullying e como isso prejudica a autoestima e a saúde mental do indivíduo. A escola toda está movida nessa campanha. É a primeira vez que trabalhamos o Setembro Amarelo e a ideia surgiu diante do número crescente de pessoas com problemas relacionados à saúde mental e ainda de suicídio. Fizemos ainda a “caixinha de sentimentos”, onde as crianças podem falar o que sentem e deixar uma mensagem positiva”, disse o gestor.

A ideia foi aprovada pelos alunos. Micaelly dos Santos Gomes, estudante do 7º ano, disse que a prevenção ao suicídio é muito importante. “Muitas pessoas não conseguem desabafar e acabam se machucando. Quando a gente não consegue falar sobre o que sente acaba transformando tudo isso em sofrimento. Casos como depressão e ansiedade precisam ser tratados com cuidado”, comentou a estudante. SETEMBRO AMARELO


Em setembro de 1994, nos Estados Unidos, o jovem Mike Emme de 17 anos cometeu suicídio. Ele tinha um carro amarelo e, no dia do seu velório, seus pais e amigos decidiram distribuir cartões amarrados em fitas amarelas com frases de apoio para pessoas que pudessem estar enfrentando problemas emocionais. A ideia acabou desencadeando um movimento de prevenção ao suicídio e até hoje o símbolo da campanha é uma fita amarela. O dia 10 de setembro, data da morte do jovem norte-americano, foi oficialmente adotado como o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio. Atualmente, o Setembro Amarelo é a maior campanha anti-estigma do mundo! Este ano, o tema é “Se precisar, peça ajuda! ” O Setembro Amarelo foi adotado em 2015 no Brasil pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). Nesse período, campanhas são realizadas para alertar sobre o tema, que continua sendo um tabu e, muitas vezes, motivo de vergonha falar a respeito.





25 visualizações

Comments


bottom of page