Videoaulas do Portal PAE auxiliam na recuperação da aprendizagem



Estão disponíveis no Portal PAE as videoaulas produzidas por meio do Projeto Estação Educação (PEE), que visa à gravação e edição de vídeos educacionais produzidos pelos departamentos, escolas e coordenações da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct). Elas estão auxiliando no processo de ensino-aprendizagem na rede municipal de ensino. Ao todo, foram produzidos 64 vídeos e 31 já podem ser vistos e utilizados por professores, alunos e pais, sejam de escolas públicas ou particulares. Todas as aulas contam com a inserção de Libras e legendas, garantindo a inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais. Para acessar, clique AQUI. Os vídeos estão divididos em Educação Infantil e Ensino Fundamental (Anos Iniciais e Finais). Na Educação Infantil há aulas sobre cores e números, vogais, som das palavras, poemas e numerais, entre outros. Já no Ensino Fundamental é possível assistir a aulas sobre sistema monetário, micro-organismos, adjetivos, substantivos, fábulas, gênero textual e até mesmo a Língua Brasileira de Sinais (Libras), como Inclusão Social. Coordenadora Pedagógica do Estação Educação, Neidimar Abreu, explicou que o trabalho envolve a gravação de videoaulas dos diversos componentes curriculares da Educação Infantil, Ensino Fundamental Anos Iniciais e Finais e EJA. “O objetivo é criar um acervo de materiais didático-digitais interativos e dinâmicos, com abordagens metodológicas dialogadas, contextualizadas e problematizadoras, que sirvam como instrumentos potencializadores das aprendizagens sistematizadas e formalizadas nas escolas e para além delas, estando ao alcance de toda comunidade educativa e de todos aqueles que desejarem”, disse. O Estação Educação já foi implantado na sede da Seduct; Creche Escola João Perdecene Neto, Lapa; Escola Municipal Getúlio Vargas, Tocos; E.M. Maria Lúcia, no Parque Turfe Clube; Ciep Wilson Batista, em Guarus, e Amaro Prata Tavares, no Centro. A próxima inauguração vai ser feita na E.M. Albertina Venâncio, no distrito de Travessão, com data a ser divulgada posteriormente. O gerente de mídias da Seduct, Wellington Rangel, explicou que, ao todo, serão 13 salas-estúdios preparadas com 26 câmeras, iluminação, microfone e outros recursos, nas unidades escolares selecionadas. As salas-estúdios funcionam em 2 turnos, manhã e tarde, com a presença de técnicos em cada um deles e 35 professores atuando no projeto. "Temos mais vídeos editados, prontos para irem para o portal PAE, aguardando apenas a implantação de linguagem de sinais e legendas”, ressaltou Wellington.

14 visualizações