Workshop de saúde mental dos educadores prossegue na próxima terça-feira


Na próxima terça-feira (27) a Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) vai realizar mais um módulo do workshop de saúde mental dos profissionais da Educação. Com o tema “Quando quem ama, se cuida”, o projeto é promovido por meio do Programa Saúde na Escola (PSE) e contempla, também, trabalhadores da rede estadual de ensino. O encontro vai acontecer das 18h às 20h, pelo Google Meet. Cerca de 50 profissionais estão participando do curso. Outros encontros aconteceram nos dias 13 e 20 de setembro. A Seduct tem trabalhado ativamente promovendo cursos voltados à saúde mental dos educadores. De acordo com o coordenador do PSE, João Paulo de Oliveira, a ideia nasceu diante dos impactos provocados pela pandemia da Covid-19 e dos inúmeros desafios enfrentados com o retorno às aulas presenciais. Por isso, o PSE decidiu continuar oferecendo ações de Promoção da Saúde Integral, para favorecer o bem-estar dos trabalhadores, no exercício das suas atribuições profissionais. De acordo com o coordenador do PSE, João Paulo de Oliveira, o workshop trata da melhoria de qualidade de vida, relações interpessoais, bem-estar psicossocial do educador, propostas de prevenção e promoção da saúde no ambiente de trabalho. “O bem-estar e saúde mental do profissional da educação são fundamentais para também refletir e apoiar na aprendizagem do aluno”, destacou. A psicóloga do PSE, Gisele Pessin, acrescentou que o workshop está promovendo saúde integral. “Considerando os inúmeros desafios enfrentados pelos profissionais da educação nesse contexto pós-pandêmico, pretendemos oferecer apoio, acolhimento e o fortalecimento de suas potencialidades. Sabemos que a saúde deve ser pensada numa perspectiva ampliada, portanto, saúde não é simplesmente a ausência de doenças. A promoção de saúde requer ações articuladas, considerando que a saúde da população integra aspectos biológicos, psicológicos, socioculturais e econômicos. Especialmente neste mês de setembro, nossas ações de valorização da vida representam ações de prevenção aos agravos da saúde dos profissionais, por meio de vivências e do compartilhamento de conhecimentos sobre saúde e bem-estar”. Também psicóloga do programa, Silvia Nascimento completou: “O workshop tem contribuído para a autoavaliação sobre as condições de saúde vivenciada fora e dentro do ambiente escolar, envolvendo as relações, a comunicação e a saúde integral, os temas mobilizam, impactam e transformam o olhar daqueles que buscam mudança em sua qualidade de vida”. Educadora Nutricional do PSE, Viviane Barreto concluiu: "Os feedbacks, a interação e a reação dos participantes reafirmam em nós a importância e relevância de encontro como esses. São momentos em que percebemos o quanto os participantes se sentem acolhidos e privilegiados em receber informações de qualidade, com respaldo científico de forma clara e com linguagem acessível. Essas informações os fazem refletir na própria vivência e como eles podem superar suas dificuldades emocionais, de relacionamento e até questões alimentares com estratégias práticas, simples e eficazes. Me sinto honrada ao fazer parte da equipe e por poder ajudar pessoas com tanta dificuldade na sua forma de se relacionar com a comida". MÉTODO PIE E não para isso. Outras ações estão sendo desenvolvidas de modo a valorizar os profissionais do ensino e cuidar de sua saúde mental. Esta semana teve início a segunda turma do Método PIE - Performance de Inteligência Emocional em Gestão Educacional, beneficiando mais 28 gestores escolares de 20 creches e escolas da rede municipal de ensino. O primeiro módulo contou com palestra ministrada pela psicóloga do programa Treinarh, Débora Rosa, que falou sobre gestão e liderança. A primeira turma teve o ciclo encerrado terça-feira (20), com a presença do secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia, Marcelo Feres. O PIE é um programa que reúne os conceitos básicos da Programação Neurolinguística, Psicologia Positiva e Coaching como práticas integrativas e complementares em saúde. O objetivo é promover a saúde emocional desses gestores na perspectiva de atender às demandas psicossociais que envolvem seu trabalho. Serão três turmas para este ano. Cada encontro tem quatro módulos e serão semanais, portanto, um mês de treinamento.

8 visualizações