top of page

Aluna de escola de Boa Vista recebe medalha de bronze na OBMEP




Uma aluna da Rede Municipal de ensino foi premiada com medalha de bronze e outros três estudantes vão receber certificados de Menção Honrosa na 17ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). A cerimônia de Entrega de Medalhas de Prata e Bronze para estudantes premiados será realizada nessa sexta-feira (23) no Instituto Federal Fluminense (IFF) no Campus Centro, às 15h.


Estudante da Escola Municipal Olavo Alves Saldanha Filho, em Boa Vista, Nayara da Silva Nogueira receberá, além da medalha de bronze, um prêmio surpresa da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct), em parceria com Receita Federal do Brasil.






Já Maísa de Souza Chagas e Isac dos Santos Souza, também estudantes da Olavo Alves Saldanha Filho, vão receber Menção Honrosa, assim como Mayara Lysandro Machado, da E.M Professora Olga Linhares, no Calabouço.


De acordo com a coordenadora do Ensino Fundamental, Anos Finais, Ana Márcia Scot, todo ano é realizada uma cerimônia Estadual de Premiação de Medalhistas de Prata e Bronze da OBMEP na cidade do Rio de Janeiro. Entretanto, com a finalidade de facilitar a participação dos estudantes, familiares, professores e gestores escolares, desta vez, o evento vai ser realizado no município de Campos.


“A OBMEP é muito importante porque estimula os alunos a se interessarem pela matemática e quando eles são premiados acabam estimulando outros estudantes a participarem. A cada ano eles se mostram mais ansiosos para fazer parte e, sem dúvida alguma, é uma atividade muito interessante que acaba despertando talentos que eles nem sabiam que tinham”, diz a coordenadora.


Diretora da Olavo Alves Saldanha Filho, Maria Vitória Gonçalves de Araújo, disse que a OBMEP traz uma contribuição social e pedagógica importantíssima. “Principalmente em localidades mais desprovidas e abre oportunidades para o crescimento pessoal e profissional porque uma medalha ou uma menção honrosa representa para muitas dessas crianças uma oportunidade para mudar de vida. A unidade escolar estimula a participação e incentiva o estudo da disciplina para melhorar o ensino da matemática. E a premiação vai muito além da medalha. Ajuda na motivação dos estudantes no reconhecimento escolar e aumenta a vontade de aprender cada dia mais. A escola confeccionou um painel para o destaque da Olimpíada como forma de divulgação e incentivo. Está sendo muito satisfatório e compensador”, conta Maria Vitória.


A Diretora da Professora Olga Linhares, Danielle Mothé disse que a escola sempre incentivou os professores e alunos acerca da importância da OBMEP.


“Essa é sexta vez que temos um aluno destaque! Na sala de aula eles têm a oportunidade de aprender matemática de uma forma diferente, pois nossos professores são impecáveis em seus trabalhos, estimulam o nosso alunado a gostar de matemática com muita ludicidade, sempre incentivando os estudantes a participar de competições científicas, como a olimpíada ou através de projetos pedagógicos. Com isso, buscamos despertar as turmas e aumentar sua autoconfiança. Se a gente transformar um aluno, já é uma conquista. Se a gente consegue transformar 100, começamos a mudar o país e esse é o nosso foco, formar alunos cada vez mais críticos e capazes de superar seus desafios”, acredita a diretora.


A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas é um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras, realizado pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), e promovida com recursos do Ministério da Educação (Mec) e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). O público-alvo da OBMEP é composto de alunos do 6º ano do Ensino Fundamental até o último ano do Ensino Médio


184 visualizações

Comments


bottom of page