top of page

Pais e alunos da Escola de Aprendizagem Inclusiva (EAI) participam de festa junina


Quadrilha, comidas típicas, música, pescaria e muita animação. Foi assim a festa junina realizada nesta quarta-feira (5) na Escola de Aprendizagem Inclusiva (EAI), na Cidade da Criança Zilda Arns. A confraternização marcou o encerramento das aulas e contou com a participação dos pais e alunos típicos e atípicos. Ao todo, 70 alunos participaram do evento, realizado em dois horários: 8h30 e 13h30. A chefe de gabinete da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) Mônica Maia, representou o secretário da pasta, Marcelo Feres.

“As interações sociais contribuem para a aprendizagem efetiva de habilidades e conteúdo, assim como fortalece os vínculos e valores éticos fundamentais ao desenvolvimento. Na infância, a interação entre as crianças é indispensável para a construção de aprendizagens significativas no ambiente escolar”, pontuou Mônica.


Professor da EAI, Lucas França, fez um momento de interação com os alunos e animou a criançada com muita música. Apoio técnico da Escola de Aprendizagem Inclusiva, Camila Terra Caetano e Lethicia Queiroz, disseram que esse momento é importante para que as crianças possam interagir e desenvolver o convívio social.

"É muito importante essa confraternização porque é a forma de unirmos todos os alunos e fazer a inclusão dos típicos e atípicos" disse Camila. "Eles desenvolvem o convívio social e comportamental. É muito bom porque a gente pode perceber a evolução deles. É muito gratificante reunir filhos e pais num momento tão especial " relatou Lethicia.

Os pais e responsáveis também aprovaram a comemoração. "É muito bom porque ele pode conviver com outras crianças, brinca e se diverte", contou a dona de casa Bruna Gama de Souza, mãe do Pablo, 9 anos.

"Meu bisneto melhorou muito depois que veio estudar na EAI. Ele começou a ler e passou a gostar das letras. Essas festinhas também são muito importantes para o convívio dele", ressaltou a aposentada Heverlane das Chagas Carvalho da Silva.

A EAI oferece reforço escolar para alunos entre 2 e 8 anos da rede municipal de ensino, das 8h às 12h e de 13h às 17h, de terça a sexta-feira, mediante agendamento na própria escola. O Reforço Escolar acontece com base nas propostas do Programa de Aprendizagem Eficiente (PAE), visando à criação de um ecossistema com diversas ações que possibilitem a aceleração do processo de ensinar e aprender, com estimulações cognitivas e ênfase nas Linguagens e Matemática. Quando necessário, os alunos recebem auxílio de fonoaudiólogos, pedagogos, psicopedagogos e psicólogos.

50 visualizações
bottom of page