Prorrogado prazo para preencher Plano de Atendimento do Tempo de Aprender





O prazo para o preenchimento do Plano de Atendimento do Programa Tempo de Aprender, que encerraria dia 10, foi prorrogado até sexta-feira (17). O município de Campos aderiu ao Programa, que é vinculado ao Ministério da Educação, e visa melhorar a qualidade da alfabetização das escolas públicas do Brasil. O preenchimento do plano, com dados do gestor, dos professores e das turmas, torna a escola apta a receber recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) Alfabetização.

De acordo com a coordenadora do programa em Campos, Neidimar dos Santos Abreu, as unidades escolares aptas com o PDDE, que tenham turmas de 1º e 2º ano do ensino fundamental, com o quantitativo de matriculados acima de dez alunos em cada turma - no censo de 2020 - e que preencherem o plano de atendimento, poderão receber os recursos financeiros.

O preenchimento do Plano deve ser realizado pelos gestores escolares por meio do link AQUI. Mais informações podem ser obtidas AQUI. "Aqueles que já concluíram, solicitamos que enviem o termo de compromisso para o e-mail tempodeaprender@edu.campos.rj.gov.br”, solicitou a coordenadora.

O programa realiza ações que atuam no sentido de aprimorar a formação pedagógica e gerencial de docentes e gestores; disponibilizar materiais e recursos baseados em evidências científicas para alunos, professores e gestores educacionais; aprimorar o acompanhamento da aprendizagem dos alunos, por meio de atenção individualizada; e valorizar os professores e gestores da alfabetização.

"Esse Plano já traz um cálculo de quanto cada unidade vai receber para custear a despesa com o assistente de alfabetização, cujo edital de seleção a Seduct vai publicar com os critérios definidos em algumas semanas. No entanto, para criar esses critérios, vamos marcar reunião com os professores para ouvir as sugestões. É um programa muito democrático", explicou Neidimar.

Nesta terça-feira (14), acontecerão quatro reuniões setorizadas com a coordenação do Programa, envolvendo os professores alfabetizadores do 1º e 2º ano do ensino fundamental. “Vamos falar dos objetivos do programa e qual o papel do professor alfabetizador na atuação deste. Professores do 1º ano: 8h às 9h ou 13h às 14h. Professores do 2º ano: 9h30 às 10h30 ou 14h30 às 15h30 adiantou.

64 visualizações